Trump diz esperar por relações comerciais justas e recíprocas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou, durante o discurso sobre o Estado da União, que seu governo está fazendo com que as empresas voltem para o país devido a medidas da administração. Ele disse esperar que, agora, as relações comerciais dos EUA contra outros países sejam “justas e recíprocas” e lembrou que está trabalhando pra renegociar tratados comerciais considerados ruins por ele.

A fala de Trump vem no mesmo momento em que Washington renegocia o acordo de livre comércio com a Coreia do Sul e o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta, na sigla em inglês). A sexta rodada de negociações do Nafta chegou ao fim na segunda-feira, com os EUA mantendo o tom duro e negando que são “injustos” com os países vizinhos, ao mesmo tempo em que México e Canadá deixaram transparecer otimismo com a repactuação dos termos do acordo comercial. Em seu discurso, ele lembrou que a Fiat Chrysler anunciou, recentemente, a transferência de uma linha de produção de caminhões do México para os EUA.

De acordo com o presidente, o governo Trump eliminou mais regulações em seu primeiro ano do que qualquer outra administração na história dos EUA. Além disso, ele afirmou que seu governo defende “totalmente” a segunda emenda e protege a liberdade religiosa. Ele lembrou, ainda, que “vencemos a guerra da energia americana em relação ao nosso lindo carvão limpo”.

Trump afirmou que uma de suas grandes prioridades é a redução do preço dos medicamentos prescritos. “E os preços cairão substancialmente. Assistam!”, disse.