Trump diz que nenhum outro regime mostrou ameaça maior que o da Coreia do Norte

Deixando a política externa para a última parte de seu discurso sobre o Estado da União, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lembrou que impôs sanções contra o Irã, Cuba e Venezuela, “mas nenhum outro regime mostrou ameaça maior que o da Coreia do Norte”.

O republicano chamou o regime de Kim Jong-un de “depravado”, “imprudente” e “cruel”, e disse que seu governo não irá repetir os erros de administrações anteriores que, de acordo com ele, foram complacentes e fizeram concessões “que nos colocaram em uma posição perigosa”. Segundo Trump, a imprudência de Pyongyang em relação ao sistema de mísseis “pode ser uma ameaça para nós”.

O presidente americano também lembrou que seu governo reconheceu Jerusalém como a capital de Israel e, fazendo referência à ajuda que Washington dá aos palestinos, Trump pediu que o Congresso aprove uma lei que determine que a ajuda será feita “apenas para amigos” dos EUA e para servir aos interesses americanos.