Unimed Piracicaba figura entre as melhores do País

unimed Presidente da Unimed Piracicaba comemora o resultado positivo. (Foto: Claudinho Coradini / JP)

Motivos não faltam para a gestão do presidente Carlos Joussef comemorar os resultados positivos da Unimed Piracicaba. Pelo sexto ano consecutivo, a operadora de planos de saúde figura entre os 50 maiores e melhores do Brasil. O resultado foi divulgado pela revista Valor 1000 – anuário do jornal Valor Econômico -, que analisa, anualmente, o desempenho das empresas mais importantes do País. A cooperativa médica é destaque nas sete categorias do estudo.

Nesta edição, a instituição assume a liderança no Estado de São Paulo em duas categorias, sendo elas resultado líquido e independência financeira. Na lista da vice liderança no País, a Unimed Piracicaba aparece entre as mais rentáveis sobre o patrimônio e margem operacional.

Segundo o presidente da cooperativa, Carlos Joussef, o reconhecimento da marca nacionalmente comprova a solidez, credibilidade e transparência de uma instituição que se mantém na liderança na cidade mesmo diante de uma crise que desequilibrou a economia brasileira. “Para nossos cooperados, que atuam na consolidação da Unimed na cidade, é uma satisfação estar entre os maiores e melhores do País. A conquista reforça que estamos no caminho certo, desenvolvendo uma gestão séria e comprometida, focada em resultados que contribuam tanto para médicos cooperados quanto para beneficiários”.

O dirigente atribui ainda esta posição à qualidade dos serviços oferecidos no Hospital Unimed e nas unidades preventivas da Cooperativa. “A consolidação da qualidade prestada pelo Hospital Unimed contribui para os resultados obtidos. Fazemos sempre o melhor porque pensamos integralmente na vida de nossos mais de 170 mil beneficiários. Eles merecem todos os dias nosso respeito e atenção”, revelou Joussef.

Para Simone Goldberg, jornalista da revista Valor 1000, conduzir uma operadora de planos de saúde no País é um desafio diário. “Quem não inovar, dificilmente se manterá num mercado tão complexo e competitivo, principalmente com as incertezas de nossa economia”, finalizou a formadora de opinião.

(Redação)