Usina de Angra 1 fica desligada até dezembro para reabastecimento

Usina de Angra 1 fica desligada até dezembro para reabastecimento
Fonte: Agência Brasil

À meia-noite de hoje (26), a Eletronuclear, empresa do grupo Eletrobras que administra as usinas nucleares brasileiras, desconectará Angra 1 do Sistema Interligado Nacional (SIN), para reabastecimento de combustível.

Essa parada é programada em acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e deverá durar em torno de 37 dias. O retorno de Angra 1 à operação está previsto no dia 2 de dezembro próximo, disse à Agência Brasil o superintendente da usina, Abelardo Vieira.

Usina Nuclear de Angra I

Usina de Angra 1 será reabastecido com combustível nuclear – Eletronuclear/todos direitos reservados

Durante a fase de reabastecimento de Angra 1, o ONS despachará a energia de outras usinas do Sistema Interligado Nacional, visando a garantia de abastecimento seguro de energia elétrica para o país.

Aproximadamente, um terço do combustível nuclear da usina será recarregado. As paradas das usinas para reabastecimento ocorrem, em média, a cada 12 meses. Na última, realizada no ano passado, a usina voltou a operar no início de outubro. Essas paradas são programadas com, no mínimo, um ano de antecedência.

Manutenções especiais

Além de permitir o reabastecimento de combustível, a parada servirá também para a realização de manutenções e inspeções especiais. Cerca de 3.755 tarefas serão realizadas entre amanhã (27) e o dia 2 de dezembro por firmas nacionais e internacionais contratadas, envolvendo 1.755 profissionais, dos quais 85 são estrangeiros, que atuarão em conjunto com técnicos da Eletronuclear.

Abelardo Vieira destacou que da mão de obra nacional, mais de 80% são pessoas contratadas na localidade de Angra dos Reis, na Costa Verde, onde funciona o complexo nuclear brasileiro, ou em regiões circunvizinhas, como os municípios de Paraty e Rio Claro.

Geração de energia

A Usina Nuclear Angra 1 tem capacidade de geração de 640 megawatts (MW) de energia. De acordo com informação da assessoria de imprensa da Eletronuclear, a usina apresentou um dos melhores resultados no ano passado, com geração total de 4,2 milhões de megawatts-hora (MWh), mesmo tendo ficado parada para troca dos transformadores principais entre os meses de agosto e outubro.

Neste momento, Angra 1 está gerando 575 MW. Vieira revelou que, no acumulado do ano até agora, a usina já atingiu quase a totalidade da energia gerada em 2017, da ordem de 4,1 milhões de MWh. “Ainda temos o mês de dezembro para gerar. Eu acredito que vamos gerar mais do que no ano passado. A chance é grande de superarmos”, estimou o superintendente.

Usina de Angra 1 fica desligada até dezembro para reabastecimento