• Usuários do SUS relatam situação precária de atendimento
  • Usuários do SUS relatam situação precária de atendimento

Usuários do SUS relatam situação precária de atendimento

Além da situação, prefeitura disse que nova UPA do bairro não será entregue neste ano como previsto (foto: Divulgação)

Usuários do Posto Médico da Vila Cristina, em Piracicaba, reclama da situação caótica na qual se encontra o prédio. Paredes e portas danifi cadas, banheiros sem condições de uso. Somado à infraestrutura defi – citária, os pacientes se queixam também da falta de clínicos gerais e pediatra.
Ontem, moradores do bairro usaram as redes sociais para expor as condições do posto médico. De acordo com a auxiliar de limpeza Maria Aparecida Domingues da Cruz, o tempo de espera para atendimento – devido a falta de médicos – também tem sido grande. “O banheiro dos homens sempre está quebrado e por causa disso todos usam o banheiro feminino”, contou. A considerar pela resposta da Secretaria de Saúde de Piracicaba, os usuários da Vila Cristina deverão conviver com os problemas na unidade médica até o primeiro sem e s t re d o p r ó x i m o a n o, quando serão concluídas as obras da UPA (Unidade Pronto Atendimento) do bairro. Com investimento total de R$ 4,8 milhões – R$ 4 milhões do Governo Federal e o restante contrapartida da prefeitura – a UPA tinha previsão de entrega para o segundo semestre deste ano.
Classificada como um empreendimento moderno, a unidade terá dez consultórios e 52 leitos. Além da infraestrutura básica para separar adultos de crianças, haverá brinquedoteca e fraldário. A unidade, com mais de 2,3 mil metros de área construída, terá capacidade para atender a população das regiões da Vila Cristina, São Jorge, Jaraguá, Pauliceia, Novo Horizonte/Santa Fé, Parque dos Eucaliptos e zona rural.
O setor de leitos (masculinos e femininos) está na fase de acabamento interno, com contrapiso e preparação para instalação do piso granilite e azulejos. A área de atendimento, que abrigará salas de raio-x, consultórios e sutura, está na fase de concretagem do piso. A recepção já teve a fundação concretada para iniciar a alvenaria.

 

Beto Silva
[email protected]