Usuários reclamam de estrutura do Ginásio do Parque Prezotto

Por meio da assessoria de imprensa, a Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) informou que tem conhecimento do problema no ginásio municipal. (Foto: Claudinho Coradini)

Mães de crianças que frequentam o Gin á s i o Mu n i c i p a l do Parque Prezotto reclamam que a área de lazer está sem bebedouro há mais de 15 dias e as crianças estão bebendo água de uma caixa d’água, direto no tanque. A principal preocupação das mães é com relação a saúde dos filhos.

“Imagine se aquela água que eles bebem é potável?”, questionou Alessandra Guarnieri. Segundo ela, os sifões do banheiro estão com vazamento e até o momento não foi apresentado um cronograma de manutenção do parque e a prefeitura não se manifesta quanto ao prazo para sanar os problemas.

Por meio da assessoria de imprensa, a Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) informou que tem conhecimento do problema no ginásio municipal.

Segundo a pasta, os alunos e frequentadores do local foram avisados pela administração da área de lazer sobre os transtornos.

A assessoria de comunicação informou que a Selam está providenciando o orçamento para a compra dos materiais para reforma do bebedouro e dos sifões dos banheiros.

Em nota enviada à redação, a Selam informou que “trabalha para regularizar a situação o quanto antes”.

Beto Silva
[email protected]