Vazamento de água incomoda morador do Jardim Primavera

problema Reclamante afirma que há mais de 15 dias o problema ocorre. (Foto: Claudinho Coradini /JP)

Beto Silva

Um vazamento de água há mais de 15 dias intriga os moradores do Jardim Primavera. O problema ocorre na rua Cecílio Elias, número 7, em frente ao Centro Comunitário do bairro. O presidente do local, Alexandre César Corrêa, disse que já ligou para o Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) mas até o momento nenhuma providência foi tomada. Ele questiona o desperdício de água trada que vem ocorrendo há dias com o vazamento. “Já liguei no Semae e no 156 (SIP) e informaram que iam passar para o setor competente”, afirmou.

A reportagem do Jornal de Piracicaba esteve no local e constatou o problema. Questionada via assessoria de imprensa, a autarquia não se manifestou até o fechamento desta matéria.

TORNEIRAS SECAS

Desperdício de um lado, escassez de outro. Ontem, moradores dos bairros Terra Rica III e Eugênio Montebelo reclama de problemas no fornecimento de água desde a véspera de Natal.

Segundo a operadora de telemarketing, Roberta Lavorenti, na segunda-feira (24) o bairro ficou o dia inteiro sem água. Ela disse que em contato com o Semae, foi informada de um rompimento de uma adutora na avenida Dois Córregos.

O Natal já passou e até hoje o problema ainda existe, todos os dias tem faltado água”, contou.

O problema é reforçado pela dona de casa Rosângela Pedro. Ela disse que tentou falar com os atendentes do Semae ontem e não conseguiu.

No Eugênio Montebelo, a dona de casa Silvânia Garcia relatou a mesma dificuldade enfrentada com a falta d’ água. Sem reservatório em casa, ela disse que é obrigada a comprar água para beber e levar os filhos para se alimentarem na casa de uma tia.

Por meio da assessoria de imprensa o Semae informou que na véspera de Natal rompeu uma rede na avenida Cássio Paschoal Padovani e no dia 3 de janeiro houve um problema elétrico na ETA (Estação de Tratamento de Água) Capim Fino e ontem, um rompimento na adutora da rua Ayrton Senna, no bairro Dois Córregos.  Essa sucessão de problemas, segundo a autarquia, causou a falta de água repetida em alguns bairros. O Semae prevê a regularização do abastecimento até hoje.