Vazão do rio Piracicaba baixa, mas segue em estado de alerta; número de turistas na orla aumenta

Vazão do rio Piracicaba diminuiu na noite deste sábado (5) saindo do estado de extravasamento para o de atenção (Crédito: Felipe Poleti/JP)

Na manhã deste sábado (05), o rio Piracicaba extravasou ao atingir nível de 4,92 metros e vazão de 467,9 m³/s (metros cúbicos por segundo) conforme dados do Saisp (Sistema de Alertas a Inundações de São Paulo) vinculado ao Consórcio PCJ (bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí). O motivo foram as intensas chuvas que aconteceram em Piracicaba e região devido ao encontro de uma massa de ar quente que estava estacionada na região com a vinda de uma frente fria que chegou a região na manhã de sexta-feira (4).

De acordo com o Saisp/PCJ, para transbordar do seu leito normal, o rio Piracicaba precisa superar os 4,7 metros de profundidade e vazão média de 430m³/s. Ao longo deste sábado, o rio foi perdendo força e às 23h estava com vazão de 309,32m³/s e nível de 3,76m, ficando em estado de “Alerta”.

Com volume abundante de água, rio Piracicaba atraiu grande número de turistas na noite deste sábado (5) – (Crédito: Felipe Poleti/JP)

Apesar de toda a situação de risco para as famílias ribeirinhas, o rio esbelto atraiu muitos turistas nesta noite conforme mostram os vídeos do repórter Felipe Poleti.