Veículos: furtos caem 50% e roubos 25%, segundo SSP

Os furtos e roubos de veículos caíram em Piracicaba, em janeiro deste ano. Foram registrados 36 roubos de automóveis mês passado, uma queda de 25% em relação aos 48 assaltos registrados no primeiro mês de 2017. Também houve queda de 50% no número de furto de veículos: de 120 para 60. Os dados constam nas estatísticas da SSP (Secretaria de Segurança Pública) divulgados na última sexta-feira. Cinco indicadores de criminalidade tiveram aumento, sete queda e 11 ficaram estáveis.
 
Aumentaram os casos de homicídio doloso – intencional (de 0 para 2), de número de vítimas por homicídios dolosos (0 para 2), lesão corporal culposa por acidente de trânsito (117 para 121), estupro de vulnerável (0 para 2), e furtos em geral (332 para 336). Em compensação, tiveram queda homicídio culposo por acidente de Trânsito (3 para 1), lesão corporal dolosa (120 para 115), estupro (2 para 0), roubos em geral (119 para 95). Outros 11 indicadores ficaram estáveis, como homicídio doloso e número de vítimas de homicídio doloso por acidente de trânsito (sem registro de casos), entre outros.
 
São vários os fatores que explicam esses números. O tenente-coronel Willians de Cerqueira Leite, comandante do 10º BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior) informou que sempre foca na redução dos homicídios dolosos, roubos e furtos de veículos e roubos em geral. Além disso, destacou as ações de fiscalização no trânsito e de checagem das condições gerais dos veículos para redução do número de acidentes de trânsito com vítima fatal no perímetro urbano. Além disso, informou o comandante, a PM atua na apuração de informações passadas ao Disque Denúncia e ao Copom (Central de Operações da PM) e intensificou as prisões por tráfico de drogas e de captura de procurados.
 
Segundo o tenente-coronel, tem estimulado os moradores a aderirem ao projeto de Vizinhança Solidária e até mesmo se comunicarem através de grupos de WhatsApp para aumentar a segurança, para que o cidadão seja o olho da polícia. E sugeriu que os moradores participem periodicamente das reuniões do Conseg (Conselho de Segurança). “É importante que as pessoas também melhorem a segurança primária em seus ambientes. Que os terrenos sejam limpos, que invistam em câmeras de segurança com gravação e instalação de cercas elétricas”, sugeriu o comandante. 
 
 
NA REGIÃO — A SSP também informou que o total de casos e vítimas de latrocínios reduziram 50%, passando de dois para um, nos dois itens, nas 11 cidades da região. Os roubos em geral tiveram queda de 12,6% (de 889 para 777); roubos de veículo caíram 10% (220 para 198);.roubos a banco reduziram 100% (de dois casos para nenhum). Os furtos em geral tiveram redução de 2,52% e foram de 2.699 para 2.631. Também caíram os furtos de veículos, passando de 676 para 606 (queda de 10,36%). Os casos de homicídios dolosos, por sua vez, aumentaram 11,76% em janeiro de 2018 (17 para 19).