Vendas no varejo em dezembro ante novembro têm pior dado desde janeiro de 2016

A queda de 1,5% nas vendas do comércio varejista em dezembro de 2017 ante novembro foi o recuo mais acentuado desde janeiro de 2016, quando o volume vendido teve redução de 1,9%, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Considerando apenas meses de dezembro, o desempenho do varejo foi o pior para o período desde 2002, quando caiu 2,1%.

Média móvel

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito recuou 0,4% em dezembro, divulgou IBGE.

No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, o índice de média móvel trimestral das vendas ficou estável (0,0%) em dezembro.

Revisões

O IBGE revisou o resultado das vendas no varejo em novembro ante outubro, de uma alta de 0,7% para uma elevação de 1,0%. O resultado de outubro ante setembro também foi revisado, de -0,7% para -0,8%.

No varejo ampliado – que inclui as atividades de veículos e material de construção – houve revisão no resultado de novembro ante outubro, de um avanço de 2,5% para aumento de 2,1%. A taxa de outubro ante setembro passou de -1,7% para -1,4%.