Verdão é campeão da Copa do Brasil Sub-17

Alviverde venceu o São Paulo e, com o título do Sub-20, é o único a conquistar as duas copas no mesmo ano. (Foto: Fábio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação)

A equipe sub-17 do Palmeiras venceu a equipe juvenil do São Paulo pelo placar de 2 a 0 na quarta-feira (2), no Estádio do Pacaembu, pela final da Copa do Brasil 2019. Com os gols de Veron e Gabriel Silva, o Verdão reverteu a desvantagem por 3 a 2 na partida de ida, venceu por 4 a 3 na somatória dos placares e conquistou mais um título na base. Como foi o campeão da Copa do Brasil Sub-20 no primeiro semestre, o Alviverde se tornou a primeira equipe a conquistar as duas copas nacionais de base na mesma temporada.

“Ficamos felizes porque é uma conquista inédita. Ninguém havia unificado esse título nas duas categorias. Fizemos um grande Brasileiro Sub-17 no primeiro semestre e acabamos eliminados invictos, com a melhor campanha, e isso estava ‘entalado’ para os atletas. Não fomos campeões a qualquer preço, mostramos um futebol bonito, ofensivo, com o melhor ataque. A forma na qual conquistamos mais esse título que nos deixa orgulhosos”, afirmou João Paulo Sampaio, coordenador geral da base do Palmeiras.

Este foi o segundo título da Copa do Brasil Sub-17 conquistado pelo Verdão. Em 2017, o Alviverde superou o Corinthians na final, justamente no estádio do Pacaembu. O time do técnico Artur Itiro tem faturado inúmeros títulos importantes nos últimos anos, com destaque para o bi do Mundial de Clubes Sub-17, em 2018 e 2019, e o Paulista de 2018.

“Fico orgulhoso dos meus colaboradores, atletas e diretoria que nos deram suporte e sustentação para que fizéssemos o melhor. A história do Palmeiras na base está se construindo com títulos importantes. Essa equipe Sub-17 é bicampeã mundial e, agora, bicampeã da Copa do Brasil. É um ano recheado de títulos, de bons jogadores e de excelentes trabalhos. Não é à toa que lideramos o ranking da CBF na base. Só tenho a agradecer à Família Palmeiras por nos abraçar em todos os momentos”, completou Marcelo Dedeschi, diretor da base do clube.

Para ser campeão da competição, o Verdão eliminou o União de Rondonópolis- -MT (4 a 0) na primeira fase, o Náutico-PE (4 a 0 e 11 a 2) na segunda, o Betim Futebol-MG nas quartas de final (4 a 0 e 2 a 1), o Fluminense (6 a 1 e 0 a 1) na semifinal e foi campeão sobre o rival São Paulo (2 a 3 e 2 a 0).

Da Redação