Vereador denuncia vazamento de esgoto na UPA do Piracicamirim

vazamento Vereador recebeu reclamações de usuários. ( Foto: Divulgação)

O vereador Laércio Trevisan Júnior (PR) denunciou ontem a situação da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Piracicamirim, que ele avaliou como deplorável. Segundo o parlamentar, o encanamento da unidade está totalmente comprometido com vazamento de fezes nos corredores, presença de mosquitos, além de as bocas de caixas de inspeção da cozinha e dos banheiros estarem obstruídas, o que evidencia risco de contaminação. A Secretaria de Saúde do município, por sua vez, informou que o problema não prejudica o atendimento à população e que hoje uma equipe de técnicos irá ao local para uma avaliação.

A UPA atende 450 pacientes por mês e conta com dois pediatras e quatro clínicos. Ontem, o parlamentar disse que havia fila de espera com cerca de 80 pessoas e o atendimento não fluía. “São fezes, é mosquito; vaza dentro do pronto socorro, sendo que esta administração do senhor Barjas Negri não toma providências. Além do fato da enorme fila que está aqui, onde está e ainda tudo entupido, as bocas de caixas de inspeção, dos banheiros; é horrível a situação em que se encontra aqui dentro, sem providências, sendo que há equipes que poderiam providenciar esta manutenção; mas, há semanas não vieram; imaginem a questão de infecção dentro deste pronto socorro; isto é um absurdo”, afirmou o parlamentar.

Trevisan disse que foi até a unidade médica depois de receber denúncias de usuários quanto a situação do prédio. O vereador contou que percorreu corredores, onde foram colocados armários para impedir a circulação.

O parlamentar disse que fez encaminhamentos ao Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto) quanto ao encanamento e fez um levantamento fotográfico. “Registrei em vídeo toda a situação problemática que afeta a saúde pública dos piracicabanos”, afirmou. Disse que conversou com os pacientes que reforçaram os problemas.

A Secretaria de Saúde informou, em nota, que conta com uma equipe responsável pela manutenção das unidades de saúde da rede pública. “Em relação à UPA Piracicamirim, amanhã (hoje), técnicos farão uma avaliação in loco para decidir a melhor solução ao problema do esgoto. O problema, no entanto, não prejudica o atendimento à população”, traz a nota.

(Beto Silva)