Vice afirma que embaixada em Israel mudará para Jerusalém até o final de 2019

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse a legisladores israelenses que o seu país colocaria os planos para mudar a embaixada americana em Israel para Jerusalém num ritmo acelerado, provocando protestos de árabes que foram forçados a sair do plenário durante seu discurso no Parlamento de Israel.

“Jerusalém é a capital de Israel e, sendo assim, o presidente Donald Trump direcionou o Departamento de Estado a iniciar as preparações para mudar nossa embaixada de Tel Avive para Jerusalém”, disse Pence a legisladores. Ele prometeu que a “embaixada dos EUA abrirá antes do final de 2019”.

O discurso de Pence provocou manifestações por parte de palestinos, com o negociador chefe dizendo que isso “provou que o governo americano é parte do problema ao invés de ser parte da solução”.

Pouco depois de Pence começar o discurso, vários legisladores árabes manifestaram desgosto levando placas dizendo que “Jerusalém é a capital da Palestina”. Eles foram forçados a deixar o plenário.

Após a confusão, Pence disse que tinha esperança de que os Palestinos entrem de novo nas negociações. “Nossa mensagem ao presidente Mahmoud Abbas e à Autoridade Palestina é: a porta está aberta. O presidente Trump está absolutamente comprometido a fazer tudo que os EUA puderem para alcançar um acordo de paz que ponha fiz ao conflito de décadas”. Fonte: Associated Press.