Viva a diversidade!

Felipe Poleti

Mais uma vez Piracicaba está de parabéns. Desta vez pelo simples motivo de atrair, pelo menos 35 mil pessoas de Piracicaba e região, para a 12ª edição da Parada do Orgulho e da Diversidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Cidade de cultura rica e sempre de braços abertos a todos que a visitam, é mais uma vez exemplo com a realização deste evento que não reúne somente o público LGBT, mas amigos, familiares e simpatizantes do movimento em um dia de celebração da igualdade, diversão e conscientização social e de sáude.

A Parada, que tem início ás 15h, vai percorrer importantes vias da cidade como a avenida Independência e Beira Rio, rua XV de Novembro, entre outras até chegar no Engenho Central, onde uma programação cultural e familiar deve agradar todos os públicos, principalmente com os shows de Aretuza Love e Quebrada Queer, já no ínício da noite.

Nem só de diversão será feito o evento deste ano. Com o tema “Se liga nesta Parada: quando o assunto é HIV, a Prevenção é Combinada!”, os organizadores querem alertar a população para a conscientização sobre a prevenção da Aids e de outras DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis). A ação, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, é importante já que recentemente a pasta – por meio do Cedic (Centro de Doenças Infecto-contagiosas) – mostrou dados de aumento no número de pessoas soro-positivas para aids na cidade e que o público com maior exposição a esse risco são homens jovens, com idade entre de 19 e 35 anos.

O recado está dado. As pessoas podem se divertir e serem livres, mas também devem se lembrar de proteger-se e respeitar o seu parceiro e o próximo. Por isso, viva a diversidade!