XV apresenta últimos reforços antes da estreia na Série A2

xv O lateral-direito Robertinho e o zagueiro Aírton Júnior foram apresentados oficialmente pelo Alvinegro. ( Foto: Vitor Prates )

Anunciados há uma semana como reforços do XV de Piracicaba para o Campeonato Paulista da Série A2, o lateral-direito Robertinho, 28, ex-Bragantino, e o zagueiro Aírton Júnior, 29, ex-Nacional-PB, encerraram nesta quarta-feira (16), na sala de imprensa do estádio Barão da Serra Negra, a fase de apresentações antes da estreia no Estadual. O Nhô Quim encara a Internacional no próximo sábado (19), às 18h, no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira.

“Estou muito feliz com essa oportunidade. Quando recebi a ligação do Beto (Souza, gestor de futebol), não pensei duas vezes. Sei da grandeza, da estrutura e do projeto do clube, o que é muito importante. Há o desejo em voltar para a primeira divisão do futebol paulista e estamos nesse intuito de conseguir o acesso”, disse Robertinho, que se profissionalizou no Figueirense e em seguida foi para o Internacional-RS, onde defendeu o time sub-23.

Além da equipe de Bragança Paulista, a qual ajudou a subir da Série C para B do Campeonato Brasileiro, em 2018, Robertinho acumula passagens também por América-MG, Ceará, Joinville e Tombense-MG. Na coletiva, o lateral-direito ainda exaltou a força da torcida do XV de Piracicaba. “Já enfrentei esse estádio lotado, sei da paixão da torcida e da força da cidade. O XV é um clube que merece estar na Série A1 e todos estão motivados para atingir esse objetivo”, comentou.

EXPECTATIVA

“Chego aqui no XV com a expectativa muito grande. Eu também fiquei muito feliz e, assim como o Robertinho falou, não pensei duas vezes antes de vir para cá, porque tenho certeza que é um time de conquista”, afirmou Aírton Júnior, que aproveitou a ocasião para contar uma história da infância. “Já ouvi falar muito do XV. Tenho um vizinho, que tenho como tio, que é o Ivanildo. Ele jogou aqui e nessa época eu torcia pelo clube. Ele me falou muito bem do XV e da cidade”, lembrou o zagueiro.

Assim como Ivanildo deixou o nome gravado no Alvinegro Piracicabano, por conta da conquista do Campeonato Brasileiro da Série C, em 1995, Aírton Júnior garantiu que chega ao estádio Barão da Serra Negra com a mentalidade de também fazer história com a camisa zebrada. “Tenho certeza que, pelo o que vi do elenco, comissão, diretoria e torcida, temos totais condições de obter o acesso para a Série A1”, concluiu o zagueiro, que é natural de Fortaleza (CE).

(Líder Esportes)