XV de Piracicaba deixa escapar a vitória e o acesso a Série A1 do Paulista

Após empate em tempo normal, o XV perdeu o jogo e a vaga para a Série A1 nos pênaltis (Claudinho Coradini/JP)

XV de Piracicaba empatou com a Inter de Limeira em 2 a 2, no Estádio Barão de Serra Negra, na noite de sábado (20) pelo jogo de volta da Série A2 2019. Com o resultado, o jogo foi para as cobranças de pênaltis, que terminou com vitória dos limeirenses por 4 a 3. Gilberto Alemão e Kadu Barone fizeram os gols do Nhô Quim, enquanto que Jean Pablo e Elvis marcaram para o Leão. Com o resultado a Inter de Limeira está classificada para a Série A1 2020, enquanto que o XV torce para ficar em terceiro e com uma hipotética terceira vaga para a primeira divisão, ainda não confirmada pela FPF.

Jovens torcedores do XV de Piracicaba (Claudinho Coradini/JP)

Jogando em casa e precisando da vitória, o XV controlou o jogo nos primeiros 15 minutos de partida, enquanto que a Inter tentava sair nos contra-ataques. As primeiras finalizações foram com Robertinho, Walfrido e Ronaldo, porém as duas primeiras foram pra fora, enquanto que a terceira foi interceptada. Aos 12 minutos, o Nhô Quim sofreu falta na intermediária. Gilberto Alemão bateu forte, sem chances para Rafael Pin.

Torcida do XV incentivou o time do começo ao final da partida (Claudinho Coradini/JP

A primeira grande chance da Inter veio com Oliveira de falta, que bateu forte e Luiz Fernando mandou para escanteio. Aos 23 minutos, Ronaldo tentou sair com Kadu Barone, porém Alison roubou a bola e quase surpreendeu Luiz Fernando. O empate interistas veio aos 32 minutos, após jogada ensaiada em cobrança de falta, em que Nata cruzou para Marquinhos, que ajeitou para Jean Pablo empatar o confronto em 1 a 1.

Um minuto depois, Raphael Macena recebeu na direita e cruzou para Kadu Barone, que de frente para o gol voltou a colocar o Nhô Quim na frente. 2 a 1.

Precisando do gol, a Inter se soltou mais no intervalo, porém esbarrou na marcação do XV. Aos 13, Kadu Barone cortou para a direita e bateu com curva, que teve um leve desviou do goleiro para mandar pra fora. Aos 22 minutos, Marquinho chutou e Luiz Fernando encaixou.

Técnico Tarcísio Pugliese foi expulso no início do 2º tempo e assistiu parte do jogo do lado de fora do campo (Claudinho Coradini/JP)

Aos 34 minutos o Nhô Quim quase matou o jogo com Bruninho, que após receber lançamento bateu por cima de Rafael Pin, porém Jean Pablo tirou em cima da linha. Aos 45 minutos, Bruninho, novamente, fez bela jogada na esquerda, porém Lucas Formiga escorregou na hora de finalizar. Na mesma jogada a Inter puxou contra-ataque, a bola foi lançada para Marquinhos, que bateu forte, para defesa de Luiz Fernando. No rebote, Elvis bateu cruzado rasteiro e o goleiro quinzista nada pode fazer. Com o jogo empatado em 2 a 2, o jogo foi para os pênaltis.

Na disputa por pênalti o equilíbrio na partida continuou. Ronaldo, Jean Pablo, Gilberto Alemão e Chumbinho fizeram as quatro primeira penalidades. Na sequência Rafael Pin defendeu o chute de Bruninho, enquanto que Luiz Fernando pegou a cobrança de Tcharlles. Na sequência Douglas Marques e Mael deixaram o placar em igualdade novamente. Na última cobrança, Cássio Gabriel acertou o travessão, enquanto que França chutou pra fora. Nas cobranças alternadas Fraga parou em Pin, enquanto que Oliveira marcou e colocou a Inter de Limeira na Série A1 2020.

Goleiro Luiz Fernando, do XV, não conseguiu segurar o último pênalti do Inter de Limeira (Claudinho Coradini/JP)

(Mauro Adamoli)