XV decepciona e leva ‘sapecada’ do Rio Claro

O XV de Piracicaba começou a Série A2 do Campeonato Paulista decepcionando. Jogando no Barão da Serra Negra, o Nhô Quim foi desastroso no primeiro tempo, o que resultou na derrota por 3×1 para o Rio Claro. Sapeka fez os três gols dos visitantes antes do intervalo e Everton diminuiu para o XV na etapa complementar. O próximo compromisso do Alvinegro na competição estadual está agendado para domingo (21), às 10h, contra o Juventus na Rua Javari, em São Paulo.
 
Evaristo Piza escalou o XV conforme havia treinado ao longo da semana, com Léo Carvalho na lateral esquerda, Jonathan Costa ao lado de Bruno Formigoni, e Guly adiantado no meio de campo. O ex-jogador do Southampton, da Inglaterra, foi o pior em campo. O jogo começou mal para o lado alvinegro. Aos 3min, o lateral-direito Hudson chegou como quis à linha de fundo e cruzou para Tavares finalizar, mas Samuel Pires fez excelente defesa. No minuto seguinte, foi a vez de Franco invadir a área pela esquerda e centrar para finalização inapelável do atacante Sapeka: 1×0.
 
O gol ditou o ritmo do primeiro tempo. Recuado, o Rio Claro aguardava o erro adversário e contra-atacava como bem entendia. Aos 17min, a equipe visitante quase ampliou em chute rasteiro de Sapeka, novamente defendido por Samuel Pires. Aos 22min, Tavares entrou na área tabelando com Victor Sapo e ficou cara a cara com Samuel Pires. Pela terceira vez, o camisa 1 salvou o Nhô Quim. O XV assustou Dheimerson pela primeira vez aos 25min, quando Everton deixou Fabinho em condições de concluir, mas o tiro saiu mascado pela linha de fundo.
 
O time piracicabano estava mal. Antes do relógio completar meia hora, Piza sacou Oziel para a entrada de André Cunha. Não funcionou. Aos 31min, Sapeka aproveitou o bate-rebate após cobrança de escanteio e fuzilou para a rede: 2×0. O vexame aumentou oito minutos depois. Léo Carvalho cobrou escanteio para o XV, a zaga do Rio Claro afastou e Sapeka levou a bola sozinho do meio-campo ao fundo do gol de Samuel Pires: 3×0. O Alvinegro desceu para os vestiários sob vaias do público no Barão da Serra Negra.
 
O XV voltou para o jogo sem alterações. Piza esperou 19min para tirar de campo Guly e colocar Rafael Rosa em seu lugar. No minuto seguinte, Everton aproveitou cruzamento pela esquerda e diminuiu de cabeça: 3×1. Apesar do gol, o time piracicabano continuava com dificuldades para criar. Restando 10 minutos, Piza fez a última substituição com Maikon Aquino na vaga de Jonathan Costa. Inofensivo, o Alvinegro nunca esteve perto do segundo gol. Preocupante.