XV empata em Limeira no primeiro jogo da semifinal

Após empate, quem vencer no Barão subirá para a Série A1 2020 (Foto: Michel Lambstein) Após empate, quem vencer no Barão subirá para a Série A1 2020 (Foto: Michel Lambstein)

XV de Piracicaba e Inter de Limeira empataram em 0 a 0 na noite deste sábado (13), em confronto disputado no Estádio Major Levy Sobrinho, o Limeirão, em Limeira, pelo jogo de ida da semifinal do Paulistão A2. Com o resultado o Nhô Quim precisa de uma simples vitória para subir para a primeira divisão, enquanto que novo empate levará a decisão para os pênaltis. No outro confronto, o Santo André venceu o Água Santa por 2 a 0 em casa e leva boa vantagem para a volta em Diadema.

XV e Inter fizeram um primeiro tempo equilibrado. Até os 20 minutos cada equipe teve uma chance. A Inter teve a primeira do jogo após falta cobrada por Chumbinho, a bola sobrou na área e Nata chutou, na qual contou com um desvio e saiu para escanteio. A melhor chance do Nhô Quim veio com Misael, que em cobrança de falta, a bola passou por todo mundo e bateu na trave do goleiro Moisés. Kadu Barone ainda assustou em jogada pelo lado esquerdo, porém a bola passou longe do gol.

Após o equilíbrio nos primeiros minutos, o jogo foi caracterizado por diversas faltas e reclamações de ambos os lados. Aos 26 minutos, Macena recebeu na esquerda e chutou cruzado, porém a bola saiu pra fora. Dois minutos depois, em cobrança de falta rápida, Kadu chutou em cima da marcação. A Inter voltou a assustar aos 40 minutos, com Tcharlles, porém o atleta chutou sem direção.

Nos acréscimos, Misael cobrou uma falta com perigo, Ronaldo cabeceou e exigiu grande defesa do goleiro. No rebote Macena tentou duas vezes para balançar as redes, porém o bandeirinha assinalou impedimento e invalidou o gol quinzista.

Na segunda etapa a partida caiu bastante de rendimento, já que a Inter diminuiu o ritmo e o XV colocou a bola no chão, porém não foi feliz nas jogadas ofensivas. A primeira boa chance veio apenas com 22 minutos, com Kadu Barone, que chutou por cima do gol, porém já estava impedido. Aos 28, o atacante Tcharlles recebeu da direita e bateu de primeira, exigindo uma boa defesa de Luiz Fernando que defendeu no reflexo.

A grande chance do XV na etapa complementar veio com Douglas Marques após escanteio na direita aos 36, porém o defensor cabeceou pra fora. Um minuto depois foi a Inter que correspondeu à altura, com Mael, que tabelou na entrada da área e bateu de primeira, em bola que passou perto do travessão do XV. Nos cinco minutos finais a Inter chegou com perigo, porém após bate-rebate na área, Douglas Marques afastou. Nos minutos finais ambas as equipes mostraram cansaço e o placar não se alterou até o apito final.

Mauro Adamoli