XV encaminha vaga para as quartas de final da A2

Com 20 pontos, XV colocou um pé na próxima fase da Série A2 (Foto: Maurício Bento/Líder Esportes) Com 20 pontos, XV colocou um pé na próxima fase da Série A2 (Foto: Maurício Bento/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba conquistou no último sábado (2) a terceira vitória consecutiva na Série A2 do Campeonato Paulista. Jogando em Penápolis, o Nhô Quim derrotou o Penapolense por 1×0, com um gol do atacante Ronaldo, de pênalti, em jogo válido pela 10ª rodada da primeira fase. Com o triunfo, o XV chega aos 20 pontos, mantém a vice-liderança e fica muito perto da classificação para o mata-mata. O Alvinegro volta a campo na próxima sexta-feira (8), às 20h, quando recebe o Linense no Barão da Serra Negra.

Além do volante Walfrido, que cumpriu suspensão, o técnico Tarcísio Pugliese não pôde contar com o goleiro Luiz Fernando, com uma lesão no músculo posterior da coxa. O substituto foi o experiente Fábio, que salvou o time piracicabano logo aos 5min: cara a cara com o atacante Osmar, o goleiro cresceu para evitar o gol. No banco de reservas, a principal ausência foi o meia Danilo Bueno, cortado após acordar com um mal-estar.

A resposta do Alvinegro foi fatal. Aos 12min, Ítalo invadiu a área em velocidade e driblou o goleiro Samuel Pires, que derrubou o atacante e cometeu pênalti. Na cobrança, o artilheiro Ronaldo bateu com categoria e abriu o placar: 1×0. Mais perigoso que o adversário, o Nhô Quim quase aumentou aos 21min, em lance individual de Kadu que Ítalo completou de carrinho para fora. Aos 30min, o próprio Kadu teve a chance de ampliar em finalização cruzada na entrada da área.

Na última oportunidade antes do intervalo, Fábio mais uma vez fez grande defesa. Após cobrança de escanteio, Rafael Sayão cabeceou para o alvo e o camisa 1 do XV esticou o braço para espalmar pela linha de fundo. O segundo tempo começou aberto e Tarcísio Pugliese esperou apenas 12min para trancar o meio-campo, com o volante Elias Ceará no lugar de Ítalo.

A primeira chance clara foi aos 14min: Bruno Lima deixou dois marcadores na saudade e chutou para o gol, mas a bola desviou no zagueiro Guilherme e saiu pela linha de fundo; no escanteio, Ronaldo cabeceou na trave. A segunda mudança no Alvinegro deu mais velocidade ao contra-ataque: Bruninho ocupou a vaga de Misael. Depois, foi a vez de André Cunha entrar no posto de Kadu. Aos 37min, o XV perdeu Bruno Lima, expulso por fazer cera, mas o Penapolense não foi capaz de oferecer perigo.

MAIS EFICIÊNCIA

Apesar do resultado positivo, o Alvinegro desperdiçou muitas chances de gol, deixando escapar a oportunidade de fazer um placar mais elástico no jogo. A ‘falta de pontaria’ não passou despercebida pela comissão técnica. “Essa situação tem o lado positivo e o negativo. Se estamos desperdiçando muitas chances, é porque estamos criando bastante. Fizemos um primeiro tempo com um volume de jogo grande, criamos muitas chances. Temos que bater nessa tecla, trabalhar mais, treinar mais para conseguir converter mais situações reais de gols. O importante é que estamos jogando bem”, disse o Tarcísio Pugliese, em entrevista à Rádio Educadora.

Na próxima sexta-feira (8), às 20h, o XV de Piracicaba encara o Linense no estádio Barão da Serra Negra. A partida é válida pela 11ª rodada do campeonato estadual. O volante Bruno Lima, que foi expulso contra o Penapolense, desfalca o time piracicabano. O goleiro Luiz Fernando e o lateral-esquerdo Michel ainda são dúvidas para o confronto. O volante Walfrido cumpriu suspensão automática na última rodada, mas ainda será reavaliado pelo departamento médico.

Líder Esportes