XV luta, mas perde o título da Copa Paulista para o São Caetano

Empate em 1 a 1 deixou o XV com o vice da Copa Paulista (Claudinho Coradini/JP)

O XV de Piracicaba lutou, saiu atrás e igualou o marcador, porém o empate em 1 a 1 com o São Caetano na noite deste sábado (16), no Estádio Anacleto Campanella, não foi possível para ser campeão. Kadu Barone (contra) fez o gol do Azulão, porém Gilberto Alemão empatou para o Nhô Quim, que, com a derrota por 3 a 2 no Barão, perdeu por 4 a 3 no placar agregado e ficou com o vice-campeonato.

Com o 2º lugar, o XV receberá R$ 150 mil da FPF (Federação Paulista de Futebol) como prêmio de consolação, além de participar da Copa do Brasil 2020, já que, a diretoria do São Caetano disse que escolherá participar do Brasileirão Série D no ano que vem.

Jogando em casa, a equipe do São Caetano foi a primeira a chutar para o gol, com Karl, aos dois minutos, porém a bola saiu sem direção. Três minutos depois, Jean Dias recebeu cruzamento pela esquerda, mas bateu fraco para o gol, ficando fácil para Luiz Fernando agarrar. A primeira grande chance veio aos 8 minutos, após Peri bater falta na lateral da grande área, Max desviou contra o próprio patrimônio e a bola bateu na trave. Na sobra, Kadu Barone chutou pra fora.

O XV voltou a assustar aos 19 minutos, após boa jogada de Kadu Barone, que lançou para Raphael Macena. O centroavante fez o pivô e tocou para trás para Cássio Gabriel bater de primeira, mas o goleiro Luiz Daniel defendeu sem dificuldades. Na sequência, Jean Dias fez jogada pela direita e rolou no meio para Clayton, porém a bola subiu e quase saiu do estádio. Nos minutos seguintes, o XV pressionou o São Caetano em seu campo de defesa, porém não conseguiu furar o bom bloqueio imposto pelo Azulão.

Aos 33 minutos, Jean Dias cobrou falta para a cabeçada de Karl, porém a bola não teve direção e saiu pela linha de fundo. Aos 36 minutos, Gilberto Alemão afastou mal e a bola sobrou para Clayton dentro de área. O meia tocou para Anderson Rosa, que tentou marcar de letra, porém a bola saiu sem força. Três minutos depois, Jean Dias cruzou para a área e Feijão desviou a bola, que foi no contrapé de Luiz Fernando e quase foi um gol contra.

O XV voltou a atacar com Kadu Barone, que recebeu de Macena da entrada da área, porém o chute saiu fraco. Dois minutos depois, em contra-ataque, Kadu bateu para o gol, porém Luiz Daniel realizou outra defesa.

No segundo tempo, o XV assustou o rival aos três minutos com Macena em chute cruzado, porém Luiz Daniel defendeu em dois tempos. Aos 12 minutos, Alex Reinaldo, do São Caetano, bateu para o gol e a bola resvalou na rede pelo lado de fora. Cinco minutos depois, Karl arriscou de longe, mas a bola saiu pela linha de fundo. Na sequência, Misael arriscou da entrada da área, porém a bola saiu, tirando tinta da trave.

Aos 20 minutos, Alex Reinaldo bateu escanteio pela direita e na tentativa de afastar, Kadu Barone cabeceou para trás, a bola bateu no travessão e entrou para o gol, resultando em um gol contra do atacante. Na sequência, Kadu Barone chutou duas vezes de dentro da área, porém a zaga bloqueou na primeira e o goleiro Luiz Daniel fez uma bela defesa na segunda tentativa.

Danilo Bueno, que entrou no segundo tempo, cobrou falta aos 25 minutos, porém a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo. Dois minutos depois, Emerson Santos cabeceou com perigo, mas a bola saiu sem direção. Na sequência, Cássio Gabriel bateu da entrada da área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 28 minutos, Misael cruzou no segundo pau e Robertinho cabeceou para o meio da área para Macena escorar de cabeça, com Luiz Daniel realizando um milagre. No rebote, Robertinho chutou duas vezes para marcar o gol quinzista, porém o lance foi anulado por impedimento.

O XV perdeu ótima oportunidade aos 36 minutos. Após uma linda jogada de Luizinho pela direta, rolou para Fraga, porém o chute passou perto do gol, mas saiu pra fora. Aos 41 minutos, Jefferson Feijão bateu para o gol, porém o goleiro do Azulão encaixou e não deu rebote.

Aos 45 minutos, o XV empatou com Gilberto Alemão, que aproveitou cruzamento para a área e desviou a bola para igualar o marcador. Após Alemão pegar a bola no fundo das redes para colocá-la no círculo central, os atletas do São Caetano tentaram retardar a saída rápida e uma confusão se formou, resultado nas expulsões de Raphael Macena e Luiz Daniel.

Nos minutos finais o XV tentou uma pressão final, mas não conseguiu furar o bloqueio do Azulão e terminou a competição com o vice-campeonato.

Mauro Adamoli