XV vence nos acréscimos e continua na liderança

No outro jogo da noite, Inter de Limeira também venceu e igualou os pontos do Nhô Quim. (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba venceu o Velo Clube pelo placar de 1 a 0, na noite de ontem no Estádio Barão da Serra Negra, pela quarta rodada da Copa Paulista. O gol do Nhô Quim foi marcado por Danilo Bueno, de pênalti, aos 46 minutos do segundo tempo. No outro jogo da chave a Inter de Limeira venceu o Atibaia, também por 1 a 0. Com os resultados, o XV continua na liderança, com oito pontos, a mesma pontuação dos limeirenses, porém fica a frente em razão dos gols marcados.

O XV começou o jogo pressionando, porém a primeira chance foi do Velo, aos 4 minutos, quando a zaga do XV tentou fazer a linha do impedimento, porém falhou e Anderson ficou cara a cara com o goleiro Luiz Fernando que fez ótima defesa. O Nhô Quim respondeu com Macena, que pegou da intermediária e tentou o ângulo esquerdo do goleiro, porém a bola foi pra fora. Aos 9 minutos, Cássio Gabriel bateu uma falta perigosíssima, só que por centímetros a bola passou por cima do gol. Três minutos depois, Kadu Barone chutou forte e a bola fez uma curva, porém o goleiro Felipe defendeu e mandou o rebote para fora da área.

O XV voltou a atacar com Luizinho aos 21, porém o chute foi torto e foi para o gol sem direção. Cinco minutos depois veio a melhor chance do XV com Luizinho, que recebeu cruzamento de Danilo Bueno, se antecipou a Janílson e cabeceou com perigo e a bola passou perto do gol. XV ainda tentou com Gilberto Alemão, que cabeceou sem direção.

O Velo atacou com Gustavo Fonseca, que recebeu passe de Chuck, porém Luiz Fernando chegou antes do atacante e ficou com a bola. Aos 44 minutos, Luiz Gustavo bateu falta perigosa, a bola passou por todo mundo e Luiz Fernando defendeu no reflexo. Na cobrança de escanteio, a bola do Velo foi pra fora.

O XV voltou ligado para o segundo tempo e, após receber lançamento de Gilberto Alemão, Raphael Macena, aos nove segundos, pegou de primeira e o goleiro Felipe Rocha fez uma bela defesa. Aos 4 minutos, Cássio Gabriel bateu a falta, Alemão tocou de cabeça no segundo pau, mas Jefferson Feijão não alcançou a bola, que saiu pela linha de fundo. Aos 11 minutos, Macena recebeu e chutou da intermediária, a bola quicou no gramado, enganou Felipe Rocha e bateu na trave, assustando Velo e levantando a torcida quinzista.

Aos 20 minutos, após tabela no lado esquerdo da defesa do XV, Chuck cabeceou na pequena área, porém Luiz Fernando novamente foi bem e salvou o Nhô Quim. O Velo voltou a atacar aos 32 minutos, com Samuel Ethor, que recebeu na entrada da área, girou e chutou e Luiz Fernando fez outra excelente defesa. O XV respondeu três minutos depois com Macena, que venceu a disputa com zaga rio-clarense e cabeceou na trave, quase abrindo o placar.

Aos 46 minutos, o lateral Janilson deu um carrinho em Kadu Barone dentro da área, e o árbitro marcou pênalti para o XV. Na cobrança, Danilo Bueno deslocou o goleiro do Velo e abriu o placar para o Alvinegro Piracicabano. O Velo não desistiu e após cobrança de falta de Janilson na meia-lua, Luiz Fernando defendeu e Eurico marcou no rebote, porém o bandeirinha marcou o impedimento, anulando o gol.

Mauro Adamoli
[email protected]