XV vence o Rio Claro e se classifica para a segunda fase da Copa Paulista

Vitória em Rio Claro deixa o XV em primeiro lugar, com 17 pontos

O XV de Piracicaba venceu o Rio Claro pelo placar de 2 a 1 na manhã de domingo (4), no Estádio Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro, pela primeira fase da Copa Paulista. Luizinho e Erick Salles marcaram os gols do Nhô Quim, enquanto que Tadeu descontou para os rio-clarenses. Com o resultado, o Alvinegro chegou a 17 pontos, abriu seis de vantagem para o Rio Claro e Inter de Limeira (11 cada um) e se classificou para a segunda fase da competição com três rodadas de antecedência, já que não pode mais ser ultrapassado pelo Noroeste (seis) e Atibaia (cinco).

A primeira grande chance do jogo veio com Jefferson Feijão, que pegou da intermediária e bateu com força. A bola quicou no gramado, desviou no goleiro Thiago e explodiu na trave. Um minuto depois o XV reclamou de pênalti após a bola bater no braço do defensor do Rio Claro, porém na sobre Kadu Barone bateu para o gol. A bola desviou no zagueiro rio-clarense e foi para fora.

A equipe do Rio Claro respondeu apenas aos 18 minutos. Após jogada pela direita, a bola sobrou para Boré na esquerda do campo de ataque, que bateu cruzado para Luiz Fernando mandar para escanteio. A equipe do XV afastou o escanteio, porém na sequência, Gilberto Alemão escorregou e a bola sobrou limpa para Fernando, que na pequena área, chutou e o goleiro quinzista salvou. Um minuto depois, Gustavo Sapeca foi lançado em profundidade e bateu forte, para a terceira defesa de Luiz Fernando em dois minutos.

O XV voltou a corresponder com perigo apenas aos 41 minutos, em cabeçada de João Veras após cruzamento de Feijão, porém a bola foi fraca e ficou fácil para o goleiro Thiago Passos. O primeiro tempo foi marcado pelas intensas disputas de bola entre as equipes, principalmente no meio de campo. O meia Danilo Bueno, que além das cobranças de escanteios, pouco apareceu no jogo, prejudicando o setor ofensivo da equipe.

A equipe piracicabana voltou melhor para o segundo tempo e abriu o placar com Luizinho, logo aos 8 minutos. Após disputa no meio de campo, o atacante aproveitou um chutão da zaga, pegou a bola na meia-lua, avançou e chutou no canto oposto do goleiro Thiago Passos para fazer seu primeiro gol com a camisa do Nhô Quim. O Rio Claro respondeu após três minutos, em cobrança de falta de Vitor, que Luiz Fernando, de soco, salvou a equipe.
Após roubar a bola na direita, Danilo Bueno conduziu a bola e tocou para João Veras, porém pegou mal na bola e o chute foi para fora. Dois minutos depois o XV quase chegou ao segundo gol. Bruno Lima recebeu da direita e cruzou para Veras, que na pequena área chegou de carrinho e Thiago Passos salvou o Rio Claro. Na sobra, a bola bateu no braço do atacante quinzista. Aos 22 minutos, Kadu Barone recebeu da direita e bateu cruzado, a bola passou perto do ângulo, mas foi para a linha de fundo.

Após cinco minutos de pressão, o jogo ficou truncado. Porém quando o XV chegou ao ataque, a equipe foi fatal. Aos 37 minutos, Erick Salles, que entrou no segundo tempo e fez sua estreia com a camisa do Nhô Quim, recebeu lindo lançamento de João Veras e bateu no canto oposto do goleiro do Rio Claro, que nem se mexeu na jogada.

Assim como aconteceu em Piracicaba, o Rio Claro marcou seu gol nos acréscimos com o atacante Tadeu, que recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou sem chances para Luiz Fernando. O Galo Azul foi para cima nos minutos finais, mas não tinha mais tempo para buscar o empate e consequentemente a classificação piracicabana para a próxima fase.

Mauro Adamoli