1.150 deixaram de receber a 2ª dose da vacina em Piracicaba

Foto: Amanda Vieira/JP

De acordo com a Secretaria de Saúde de Piracicaba, 1.150 pessoas, entre idosos e profissionais do setor, estão em atraso para tomar a 2ª dose da vacina contra covid-19. Segundo a pasta, desse total 488 são idosos e 662 trabalhadores da saúde. A orientação é que a 2ª dose da Coronavac/Butantan seja aplicada em um intervalo de 14 a 28 dias depois da 1ª dose. Porém, já se passaram 28 dias e essas pessoas ainda não tomaram a 2ª da imunização.

A secretaria informnou que o agendamento da 2ª dose aos que tomaram a 1ª até 27 de março está aberto no VacinaPira, pelo (https://vacinapira.piracicaba.sp.gov.br/).

A Saúde informou não ser possível precisar os motivos do atraso, mas estima que possa ocorrer esquecimento, uma vez que a ansiedade e expectativa de receber a 1ª dose da vacina tenham passado.

Todas as pessoas, assim que tomam a 1ª dose, recebem – no comprovante de vacinação – a data que devem tomar a 2ª dose para, então, completar a imunização.

De acordo com o Instituto Butantan, fornecedor da Coronavac em parceria com a chinesa Sinovac, a vacina é eficaz após a aplicação da 2ª dose. Estudos divulgados sobre a vacina do Butantan apontaram que, após a 2ª dose, a eficácia e segurança dela podem chegar a 62% para todos os casos e 83% para casos moderados.

Mesmo após receber as duas doses não se deve dispensar as medidas de prevenção da covid-19: usar máscara, manter o distanciamento social e higienizar constantemente as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

Com base no agendamento do VacinaPira, neste sábado também haverá aplicação de vacina contra covid-19 em Piracicaba.
Idosos com 67 anos ou mais começaram a receber a 1ª dose da vacina ontem. Nesta semana também ocorre a vacinação com a 1ª dose dos profissionais da educação com 47 anos ou mais.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 − 2 =