11 homens são acusados de pescar em local proibido

Pescadores foram advertidos (Divulgação)

Onze homens foram flagrados praticando pesca em local proibida às margens do Rio Piracicaba durante a Operação Servir e Proteger, em decorrência de ações pontuais voltadas a coibir a pesca predatória em local proibido no corpo hídrico denominado Rio Piracicaba.

Em todas as abordagens, realizadas anteontem, os suspeitos tiveram os petrechos apreendidos e receberam advertência. Todos foram liberados, mas também responderão a acusação de crime ambiental.
Uma das ações ocorreu próximo a avenida Jaime Pereira, na área central de Piracicaba. Cinco homens estariam a 30 metros da cabeceira da corredeira do rio.

Outra abordagem ocorreu nas imediações da avenida Cruzeiro do Sul. Mais cinco pescadores estariam a 10 metros da cabeceira da corredeira. Com os suspeitos, os policiais apreenderam duas varas de náilon-telescópica, cinco caniços simples de bambu e uma vara de náilon com carretilha.

Já nas proximidades da avenida Beira Rio, outro pescador foi encontrado no leito da corredeira. Ele usava uma vara de náilon-telescópica, que também foi apreendida pela polícia. Os agentes teriam constatado que ele ainda não havia feito a captura de peixes. Os materiais localizados com os acusados deverão ser inutilizados e levados para local adequado.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × quatro =