175 mil cliques, aplausos, compartilhamentos e cafés

Foto: Pexels

Adolpho Queiroz, é Secretário Municipal de Ação Cultural

Apesar de você... e da pandemia, terminamos o semestre com altíssimo grau de satisfação pelo dever cumprido na gestão dos assuntos ligados à Secretaria Municipal de Ação Cultural. Além da reindependência político-administrativa reconquistada, temos excelentes resultados a compartilhar com os amigos leitores e com a sociedade piracicabana.

Nossas ações atingiram, como sugere o título, 175.000 pessoas, entre projetos com as várias linguagens artísticas, majoritariamente conduzidos pelos artistas locais, através de mostras virtuais ou presenciais, mesmo com casa reduzida e em horário comercial. Pela Lei Aldir Blanc, destaque para os “Beatles Cordel”, com mais de 10 mil visualizações e os “Diálogos culturais” mensais sobre o dia da mulher, 13 de maio, memória local, carnaval, entre outros, que chegaram a quase 9.000 espectadores e respectivos compartilhamentos. Chegamos aos quatro cantos do mundo, conforme dito em artigo anterior, com atividades realizadas pela exposição de artes plásticas “Almeida Junior”, a mostra de humor gráfico “Batom, lápis e TPM”, uma exposição mundial de museus e outra ação internacional no campo da música. Foram mais de 339 pessoas atendidas individualmente ou em grupos, levando suas propostas de atividades para serem executadas assim que a pandemia nos deixar. E sempre tomando um cafezinho “feito pelo Adolpho”, marca galhofeira que arranjei para tratar melhor as pessoas.

Vencemos duas denúncias anônimas impetradas junto ao Ministério Público, que foram devidamente arquivadas por serem desprovidas de razão. Há uma terceira em andamento. Se conseguirmos vencer, “vou pedir música no Fantástico”, como fazem os jogadores de futebol quando marcam três gols num jogo de futebol aos domingos. O/A anônimo/a vai ter que continuar tentando...
Conseguimos colocar Piracicaba entre as 20 cidades que conseguiram apoio para a “Virada Cultural on line” do projeto estadual do Juntos pela Cultura, mostrando a competência e prestigiando exclusivamente artistas da terra. E vencemos em outros dois editais até aqui. Na próxima terça-feira representarei o nosso prefeito Luciano Almeida, em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, junto ao Governador do Estado, para receber as indicações dos vencedores e, quem sabe, mais alguma ajuda estadual para reformas e restauros no nosso futuro Engenho da Cultura.

Abrimos os velhos barracões para exposições de máquinas antigas de impressão de jornais, caricaturas e cartuns vencedores do Salão de Humor, numa pocket-expo, como foi denominada a mostra. Começamos a conversar com as 24 cidades que comporão a futura região metropolitana de Piracicaba para reinstalarmos o Corredor de Cultura da Região, que convenhamos, com as facilidades do zap, nos aproximaram muito e comodamente dos demais secretários, com quem temos trocado semanalmente experiências. Conseguimos retomar o contato com a Raizen para construção do VER de Museu e, com esta ação, o aceno para um aporte de R$ 100 milhões de reais no Engenho da Cultura. E outros R$ 1,7 milhões para obras de infraestrutura no Engenho e Estação da Paulista, de emendas parlamentares.

Dividi com a nova e competente equipe de assessores, as responsabilidades de participarmos das reuniões e atividades do Orçamento Participativo de Piracicaba, das quais saímos como novos relacionamentos, conhecimentos e aproximação com a realidade e necessidades dos nossos bairros. Trabalhei incansavelmente das 8 da manhã às 18, e para além dos eventos e agendas noturnas. Gratidão aos que me ajudaram e como disse o nosso prefeito, “agora só faltam mais sete semestres”.

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × 3 =