66 mil alunos da rede estadual entram férias no município

A partir de 2020, as escolas do Estado terão um novo calendário escolar com recessos nos 1º e 3º bimestres. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Um total de 66.313 estudantes das redes estadual e municipal entraram em férias em Piracicaba entre o último dia 16 e hoje. Nesta segunda-feira, os 30 mil alunos das escolas estaduais iniciaram o recesso escolar. Já na rede municipal, as aulas terminaram ontem e os alunos começam hoje as férias de final de ano. Para todos os alunos, o ano letivo em 2020 terá início em 3 de fevereiro.

O calendário oficial publicado no Diário Oficial prevê o dia 16 de dezembro como data mínima de encerramentos das atividades nas escolas estaduais, entretanto, cada escola pode organizar de forma autônoma, o próprio calendário pedagógico e de atividades, desde que haja o cumprimento dos 200 dias letivos, previstos na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação).

A partir de 2020, as escolas estaduais de São Paulo terão um novo calendário escolar. De acordo com a Secretaria Estadual da Educação, haverá a introdução de mais dois novos recessos, um ao final do primeiro bimestre e outro no terceiro bimestre. As férias do segundo e do quarto bimestre ficam mantidas.

Dessa forma, o ano letivo terá início no dia 3 de fevereiro. O período do primeiro recesso será no fim do primeiro bimestre, entre 20 e 24 de abril.

O período das férias (fim do segundo bimestre) será entre 10 e 26 de julho e o segundo recesso (fim do terceiro bimestre) entre os dias 13 e 16 de outubro. Já o encerramento do ano letivo começa a partir de 23 de dezembro . 

De acordo com a pasta, o objetivo da mudança é organizar o calendário e o planejamento das atividades pedagógicas, além de garantir que docentes que atuam nas redes estadual e municipais consigam conciliar os períodos de recesso escolar e de férias.

NOVOS ALUNOS

Secretaria Estadual da Educação reabriu ontem o período de inscrição para matrícula de novos alunos que queiram estudar na rede pública estadual no ano letivo de 2020. 

O período ficará aberto o ano todo. Podem se inscrever estudantes de outras redes, de outros estados ou países que não se encontram matriculados nas escolas estaduais ou municipais do Estado de São Paulo. 

Para efetuar a inscrição, os responsáveis pelos estudantes com menos de 18 anos devem procurar a escola pública, tanto municipal quanto estadual, ou os Postos do Poupatempo e apresentar RG ou certidão de nascimento e comprovante de endereço.

Neste ano, pela primeira vez as inscrições para matrícula também poderão ser feitas pessoalmente em todos os postos do Poupatempo, mediante agendamento prévio.

Para solicitar o serviço basta acessar um dos seguintes canais de atendimento: o portal (www.poupatempo.sp.gov.br), o aplicativo SP Serviços ou por meio dos totens de autoatendimento, distribuídos nos shoppings, supermercados, estações de Metrô e CPTM.

Beto Silva

[email protected]