9 mitos sobre emagrecimento que sabotam sua dieta e saúde

| Foto: Freepik

Segundo pesquisa recente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a proporção de obesos na população com 20 anos de idade (ou acima) mais que dobrou no país entre 2003 e 2019, passando de 12,2% para 26,8%.

Nesse período, a obesidade feminina subiu de 14,5% para 30,2%, enquanto a obesidade masculina passou de 9,6% para 22,8%. Se você faz parte deste índice ou está apenas querendo perder uns quilinhos para o verão, cuidado com as falsas promessas.


“Ouvimos muitas dicas de emagrecimento, mas quais realmente possuem fundamento e respaldo científico? Emagrecer com qualidade e resultados requer um trabalho complexo, muitas vezes, multidisciplinar. Profissionais como endocrinologista, nutricionista, orientador físico e psicólogo oferecem um suporte para melhor adesão e resposta ao tratamento, tornando o processo eficaz e saudável”, afirma a médica Claudia Chang, pós-doutora em endocrinologia e metabologia pela USP e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.


Para evitar que você caia em algumas das ciladas sobre emagrecimento e acabe prejudicando sua saúde e seu tratamento, a especialista aponta os principais mitos sobre o tema.


CARBOIDRATOS
“Comer carboidrato à noite engorda mais do que durante o dia”. Mito. A diferença entre o horário está no simples fato de que o carboidrato que comemos durante o dia é utilizado como fonte de energia, enquanto no período noturno ele é usado para estocar. Portanto, você pode ingerir carboidrato à noite, mas com moderação, assim como qualquer outro alimento.


MUSCULAÇÃO
“Musculação não emagrece”. Mito. A musculação auxilia muito no processo de emagrecimento, pois à medida que se aumenta a massa muscular, ocorre a aceleração do metabolismo. “Para auxílio no processo de emagrecimento, optamos por treinos com carga menor e com número maior de repetições, ou treino em circuito que combina aeróbico junto, aumentando o gasto energético”, diz Claudia.


SUBIR ESCADAS
“Subir escadas ajuda a perder gordura localizada”. Mito. A gordura localizada possui uma mobilização mais difícil. O que se consegue é apenas diminuir o tamanho da célula de gordura (adipócito). Ou seja, você pode perder calorias, mas não a gordura localizada.

LEIA MAIS:

EXERCÍCIOS EM JEJUM
“Praticar exercícios em jejum emagrece mais”. Mito. Fazer atividade física em jejum, na maioria das vezes, faz com que o corpo não consiga usar a gordura como combustível para queima, lançando mão do músculo/da massa magra.

LÍQUIDOS NAS REFEIÇÕES
“Ingerir líquidos nas refeições engorda”. Mito. O líquido junto com a comida não engorda, mas pode prejudicar a digestão, caso seja ingerido em excesso.


SUAR
“Suar muito emagrece”. Mito. Existe um fator individual importante nesta questão. Pessoas com melhor condicionamento físico tendem a ter sudorese maior e mais precoce ao esforço, mas não representa emagrecimento.


SOPA
“Sopa é ideal para dietas de emagrecimento”. Mito. Creme de leite, torrada, croutouns ou queijo podem tornar uma sopa inofensiva em uma bomba calórica. Para que ela seja aliada da sua dieta, aposte em fibras, como aveia ou quinoa em flocos, que reduzem a absorção de gorduras e carboidratos, equilibrando as calorias ingeridas e auxiliando a regular o intestino.


LIGHT & DIET
“Comida light/diet garante emagrecimento”. Mito. O fato de terem menos gordura e/ou calorias, os alimentos light e diet acabam sendo ingeridos em maior quantidade, gerando ganho de peso.


SAUNA
“Fazer sauna emagrece”. Mito. Na sauna, a pessoa perde líquido, e não gordura.


“Importante ressaltar que qualquer iniciativa de emagrecimento deve ter um acompanhamento médico. Realizar dietas por conta própria não só pode ter resultados negativos como também trazer prejuízos a sua saúde”, finaliza Claudia Chang.

Da Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete − cinco =