A defesa da vida pode contar com nosso mandato popular

Recebi documento intitulado “Apelo aos deputados estaduais de São Paulo”, no qual dezenas de entidades populares e sindicais cobram dos parlamentares da ALESP que proponham projetos de lei no sentido de assegurar a retomada do distanciamento social horizontal no estado, revogando as medidas que flexibilizaram esse distanciamento, e também para a instituição de programas de renda básica para a população mais vulnerável.

Cobram também, com justeza, que sejam fiscalizadas as ações do Executivo para garantir a criação de hospitais de campanha, a reabertura de hospitais que foram fechados recentemente; garantia do atendimento dos hospitais municipais e estaduais na totalidade de sua capacidade nas regiões mais atingidas pela pandemia; condições de trabalho e o fornecimento de equipamentos de proteção individuais adequados a todas as/os profissionais de saúde e de assistência social nos equipamentos diretos, conveniados e privados do estado de São Paulo.

Como Deputada Estadual e também Presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores das Redes Oficiais de Ensino do Estado de São Paulo), estou plenamente de acordo com essas questões, tendo sido autora de diversas proposições que tratam delas, de forma isolada ou em seu conjunto. Assim, as entidades e movimentos signatários podem sempre contar com o nosso mandato popular em defesa da vida.