“A Escola Naturalista de Pintura de Piracicaba”

0
77 views
Foto: Alessandro Maschio/JP

Lançamento da obra é neste sábado (25), às 10h, no Museu Prudente de Moraes

O livro A Escola Naturalista de Pintura de Piracicaba tem lançamento neste sábado (25). A obra observa o cenário cultural de Piracicaba e tece considerações sobre diferentes formas de expressão artística. O lançamento é realizado pelo IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba) e acontecerá no auditório Helena Rovay Benetton, no Museu Histórico e Pedagógico
Prudente de Moraes, às 10h. Os interessados em participar do evento devem confirmar presença pelos telefones 19 97140-1872 e 19 3434-8811.

As pesquisas do crítico de arte Umberto Silveira Cosentino baseiam o livro, que tem edição de Marcelo Batuíra Losso Pedroso, diretor do Jornal de Piracicaba. “A obra de Cosentino é o trabalho fundador e primordial que estabeleceu a pedra fundamental da crítica de arte de Piracicaba e criou-se uma Escola de pintura genuinamente piracicabana”, disse Batuíra. A produção literária apresenta três vertentes do Realismo, junto aos seus respectivos artistas e obras.

A obra traz observações sobre as vertentes da Escola do Naturalismo, que são o Realismo Ingênuo, Erudito e Ascético. A produção apresenta comentários e críticas a obras de artistas como João Dutra, Eugênio Luiz Losso, Faustino Fernandes de Souza e Olavo Ferreira da Silva. O livro também trabalha tópicos como O Olhar Feminino, O Universo Indígena Revisitado e a Mostra de Arte Ingênua e Primitiva no Sesc de Piracicaba.

O autor do livro começou a publicar artigos no caderno de Cultura do Jornal de Piracicaba a partir de 1985, que sistematizaram a arte piracicabana. Estes textos contribuíram para definição da produção figurativa predominante na cidade como Escola, que dá título à produção. As pesquisas de imagens das obras de arte são de Sandra Jorge Rodrigues. O esboço
biográfico do autor é de Cecília e Cacilda Cosentino.

O livro foi a reunião desses artigos publicados no Jornal de Piracicaba, com as devidas atualizações cronológicas feitas em nota de rodapé pelo editor Marcelo Batuíra, bem como algumas explicações complementares para o público leigo apreciador
de arte.

De acordo com Batuíra, o ano de 1985 foi um divisor de águas para as artes plásticas piracicabanas. “A partir desse trabalho podemos hoje classificar e conhecer a produção artística de Piracicaba que vai da confecção da capa da Ata de Fundação da Cidade, datada de 1767, passando por Miguelzinho Dutra que dá nome à nossa Pinacoteca Municipal até Ermelindo Nordin e Luiz
Gobeth Filho, únicos artistas ainda vivos analisados por Cosentino”, comenta.

“O Marcelo foi muito feliz em querer eternizar esse material do Umberto Cosentino”, disse a vice-presidente do IHGP, Valdiza Maria Capranico. “Esse livro pronto e entregue ao público é a coroação de um trabalho que foi feito durante alguns anos, com muita dificuldade, mas com muito carinho e respeito pela obra”, complementou.

O presidente do IHGP Pedro Vicente Ometto Maurano considera que a proposta de Marcelo Batuíra de publicar o livro A Escola Naturalista de Pintura de Piracicaba, em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, foi “uma iniciativa esplendorosa”.

“(O livro) coloca à tona novamente o nome do grande Umberto Cosentino, um intelectual rigoroso e sua obstinada dedicação para tentar compreender sem preconceitos e estereótipos o movimento cultural da cidade no campo das artes plásticas. Um homem talentoso que foi capaz de dar o devido valor a todos aqueles pintores que de fato revelavam vigor e capacidade expressiva”, explicou Maurano.

Sandra Rodrigues realizou a pesquisa de imagens junto aos colecionadores e à família de Umberto Cosentino, que resultou em uma ampliação das imagens originais publicadas no Jornal de Piracicaba em 1985. “Para mim foi muito gratificante participar e conhecer todo esse material desses artistas todos que são citados, alguns eu fui atrás da família, vi algumas obras das residências e foi muito prazeroso participar”, contou Sandra.

Letícia Santin
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 + dezessete =