Abaixo do esperado, CDL aponta crescimento de 3,9% nas vendas de Natal

Expectativa era de 5,4% positivo, já menor do que aumento consolidado em 2019, que foi de 7,2% | Foto: Amanda Vieira/JP

Abaixo do estimado pela CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) de Piracicaba, em meio à pandemia o comércio da cidade apresentou aumento de 3,9% nas vendas de Natal em 2020, segundo pesquisa apurada pelo órgão ao entrevistar 170 lojistas entre os dias 7, 8 e 11 de janeiro. A estimativa da CDL para o Natal de 2020 era de crescimento de 5,4%. Em 2019, o aumento consolidado, em relação a 2018, foi de 7,2%.


Participaram da pesquisa, de acordo com o órgão, empresários dos corredores comerciais do Centro, Vila Rezende, Bairro Alto, Paulista, Vila Independência, Piracicamirim, Dois Córregos, Vila Sônia, São Dimas, Santa Terezinha e Pauliceia.


O segmento que teve maior número de vendas segundo a pesquisa foi o de confecções (34%), seguido por calçados e artigos de couro (23%), eletroeletrônico (14%), briqnuedos (12%), perfumes e livros (5%), flores (3%) e outros (9%).

LEIA MAIS:


“Se analisarmos o cenário do nosso comércio nesse Natal de 2020 e o resultado das vendas em Piracicaba, constataremos que, comparado a outros centros comerciais, ficaram além das expectativas: covid-19, Black Friday, lojas fechadas dias 25, 26 e 27 de dezembro por decreto estadual”, avalia o presidente da CDL Piracicaba, Reinaldo Pousa.


Ele pontua ainda que as vendas online tiveram aumento significativo e concorrem com as lojas físicas. “Nesse ano [2020], comparado com 2019 cresceram mais de 20%”, aponta.

Pousa afirma que a CDL tem orientado os empresários para competirem nesse cenário. “Nossa entidade tem alertado os lojistas para investirem no visual das lojas, assim como no treinamento de funcionários, que, com certeza, irão fidelizar seus clientes”, comenta.

Andressa Mota

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois − 1 =