Acusado de homicídio no Santa Olímpia é transferido do Paraná

Delegado Fábio de Toledo coordenou a apuração (Claudinho Coradini/JP)

Os policiais do 5º Distrito Policial de Piracicaba fizeram a transferência de Maringá/PR de um homem de 30 anos, que foi apontado como o autor do homicídio do soldador Rodolfo Rodrigo Correr, 34, que ocorreu em agosto deste ano, em Santa Olímpia. O suspeito, que teve prisão temporária decretada pela Justiça pelo período de 30 dias, foi trazido à carceragem anexa ao 1º Distrito Policial de Piracicaba, na noite desta quarta-feira (09).

Acusado chegou ao plantão policial de Piracicaba, por volta das 20h30, desta quarta-feira (9)
(divulgação)

O delegado do 5º Distrito Policial Fábio Rizzo de Toledo, que coordenou a investigação sobre o crime disse que durante a apuração dos policiais civis resultou na identificação do suspeito, que teria cometido o assassinato após uma discussão com a vítima, em uma lanchonete em Santa Olímpia, no dia 17 de agosto deste ano. “Apuramos que houve uma discussão no estabelecimento. O autor saiu e pouco tempo depois retornou com uma arma e atirou em direção à vítima”, disse o delegado. “Conseguimos na Justiça o mandado de prisão e ele foi preso no Paraná pela Polícia Civil daquele estado”, completou Toledo.
Durante a confusão na lanchonete, o pai do suspeito tentou impedi-lo e acabou sendo baleado na mão.
Na época, o caso foi registrado no plantão da Polícia Civil de Piracicaba como homicídio simples e lesão corporal.
“O investigado será interrogado, indiciado pelo crime e depois será transferido ao CDP de Piracicaba”, afirmou Toledo.

Cristiani Azanha

[email protected]