Acusados de homicídio são presos por policiais civis da Deic

Dois acusados de participarem do assassinato de Marcos Henrique Baldasin, 33 anos, ocorrido na última sexta-feira (09) foram presos pela força tarefa composta por várias delegacias da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais). Os policiais já tinham as supostas autorias no crime um dia após o crime e as prisões ocorreram no sábado (10) à noite. Ambos também tinham envolvimento com o tráfico de drogas e foram surpreendidos com entorpecentes. Outro suspeito de tráfico também foi preso pelos policiais.

A delegada titular da 2ª DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Juliana Ricci disse que um dos acusados confessou o crime e outro permaneceu em silêncio. “Ainda não foi esclarecido a motivação do crime, mas sabemos que a vítima era próxima aos autores e dificilmente desconfiaria que pudesse ser assassinada”, disse Juliana.

“A lei de abuso de autoridade veda o interrogatório exceto nos casos em flagrante, ou seja, eles foram presos por tráfico de drogas e não pelo homicídio. Mas durante a semana intensificaremos a investigação, mas já sabemos quem são os autores e isso é muito importante para nós”, completou a delegada.

A PRISÃO
O Setor de Inteligência da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes da Deic identificar dois homens que assassinaram a vítima com facadas e espancamento. Um dos envolvidos era membro de uma facção criminosa e o segundo, seria ex integrante da mesma facção e estaria tentar retornar ao grupo. Ambos estaria comercializando entorpecentes no Parque Piracicaba. Eles foram localizados pela Dise, com apoio da 1ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais, 3ª DHPP e UIP (Unidade de Inteligência Policial do Deinter-9. Um dos acusados foi surpreendido com 22 porções de cocaína e R$ 260 em dinheiro. Os policiais foram até sua residência, no Boa Esperança, onde localizaram outros dois suspeitos. No imóvel, os policiais encontraram mais 70 porções de cocaína. Todos foram levados à sede da delegacia especializada, além do tráfico de drogas, dois dos suspeitos também responderão por homicídio.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

nove + quinze =