música
Cantor e ator carioca,Rayol participa hoje de encontro nacional de seresteiros. (Divulgação)

O cantor e ator carioca Agnaldo Rayol é um dos participantes do último show do encontro nacional de seresteiros Serenata, Sempre Seresta, que acontece hoje, às 16h, no largo dos Pescadores. O evento começou anteontem, no Sesc, e é apresentado pelo piracicabano Roberto Mahn, conhecido como Roberto Seresteiro. A entrada é gratuita.

Além de Rayol e Mahn, também se apresentam neste sábado Roberto Luna, Raimundo José, Ana Bernardo, Edith Veiga, Cibele Palopoli, Nina Wirtti, Yuri Correa, Tuco Pellegrino, Bolão, Lia Apolinario, Guacira Oliveira, Vanessa Souza e Alessandro Penezzi, músicos de Conservatória do Rio de Janeiro, de Sorocaba, além dos grupos Água de Vintém e Regional Imperial.

Rayol, em entrevista ao Jornal de Piracicaba, falou que selecionou para esta tarde composições que ficam entre os gêneros MPB e Clássica. “Reservei um repertório mais tradicional, com músicas que se referem à seresta. Também canto os meus sucessos, então, vai ter algumas mais românticas e outras mais animadas, que permitem as pessoas cantarem junto comigo”, comentou o artista. E acrescentou. “As noites de seresta são uma tradição brasileira em muitos lugares. Elas precisam ser preservadas, fazem parte da nossa vida e história musical. São muito bonitas e devem ser levadas adiante”, explicou.

Mahn cantará com Rayol e todos os convidados da noite. “Já cantei com o Agnaldo diversas vezes. Ele é meu amigo. Eu participei de um disco e um DVD dele e ele participou de um CD meu. É uma honra poder recebê-lo na minha terra natal. O Sesc está investindo em transformar a cidade em uma referência na Seresta, por isso decidimos, em parceria, realizar esse encontro nacional”, disse o seresteiro.

Rayol afirmou que ele e Mahn apresentarão a música Ave Maria do Sertão, trilha do primeiro filme colorido do ator e cineasta brasileiro Amácio Mazzaropi. Durante os 60 anos de carreira, Rayol gravou cerca de 50 álbuns e participou de 14 filmes. Estreou no mundo da música em 1958, com o CD Agnaldo Rayol. No cinema, foi em 1949, no filme Também Somos Irmãos, dirigido por José Carlos Burle.

SERVIÇO — Serenata, Sempre Seresta, participação especial de Agnaldo Rayol. Hoje, às 16h, no largo dos Pescadores. Entrada gratuita. Informações: (19) 3437-9292.

 

(Leonardo Benedito)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 − cinco =