Águas de Lindóia

0
27 views

“Todas as viagens são lindas, mesmo as que fizeres nas ruas de teu bairro. O encanto dependerá de teu estado de alma”. (Ribeiro Couto- Chão da França).

 Viajar é adquirir cultura é um comentário controverso. Nem todos sabem aproveitar das viagens que fazem.

As vicissitudes da vida brindaram-me com muitas viagens, levando-me a paragens jamais antes sonhadas. Em todas aprendi ora muito, ora pouco, mas serviram-me para ampliar minha visão e perceber quão bela e fundamental é a diversidade. Foram 11na Europa; na África um; na América do Sul 9 e na América do Norte EUA (abrangendo 7 cidades) e Brasil 9 Estado.

Tropeiros do início do século 19 faziam parada ali em suas viagens a Minas Gerais e aos sertões do planalto. Descobriram que as águas mornas que minavam no solo e nela se banhavam tinham a capacidade de curar seus machucados e revitalizar seus cansados músculos.

Foram os responsáveis por espalhar as virtudes dessas águas, notícia que correu o Brasil e chegou aos ouvidos de um médico italiano Dr. Francisco Tozzi, que em 1909 iniciou suas pesquisas sobre a milagrosa água e, em 1916 fundou o Thermas de Lindóia, balneário que utilizava a água mineral no tratamento de vários problemas de saúde e no rejuvenescimento da pele.

 Madame Curie, prêmio Nobel de Física, que realizava na França pesquisa sobre radioatividade, visitou as termas de Lindóia em 1926.

A radioatividade da água é extremamente benéfica para o organismo. A da Água de Lindóia é a maior do planeta, atinge 3179 maches na escala radioativa, contra 185 maches das famosas fontes de Jachinou na Tchecoslováquia e 155 maches nas fontes de BadGastein na Áustria.

 Em 1959 Arthur Bratke projetou o atual Balneário Municipal, magnífico complexo. Os programas de termalismo oferecem banhos de imersão, Stangerbad (ante estresse, renovador da força muscular, auxiliar em casos de contratura muscular, lombalgia, formigamento das extremidades, artrite, artrose e gota). Há ainda ducha escocesa, sauna úmida e seca, banho de espuma e inalação utilizando apenas da água sem medicamentos; auxilia nas rinites alérgicas, asma, bronquite, gripes e sinusites.

 O Guia editado pela Prefeitura Municipal contém essas informações. Nele constam ainda algumas curiosidades aparentemente inverossímeis, como a da coluna “Dizem Que”: Águas de Lindóia forneceu 100 dúzias de garrafas de 500 ml de água mineral para a Missão Apolo11, que levou o homem à Lua pela primeira vez, em 1969. A nota fiscal emitida contra a NASA está no balneário e menciona que a encomenda seguiu para o Cabo Kennedy.

Com tantos hotéis preferi uma pousada, mais barata, pois não pretendia usufruir dos confortos que um grande hotel oferece, pois saía cedo e voltava ao cair da noite.

 A Pousada Morro Verde é obra da arquiteta Viviane Almeida que projetou ambientes agradáveis e aconchegantes. Rogério e Cláudia, ela professora de História, donos da posada, ao mesmo tempo em que partilham os afazeres com os empregados, enturmam com os hóspedes, criando um ambiente familiar.

Num perímetro não muito grande, Águas de Lindóia proporciona visitas a Ranchos, Sítios, Restaurantes, Trilhas e Pesqueiros. No Sítio Monte Alegre tive a oportunidade de conhecer a professora Cristiane que mora em Piracicaba e é sobrinha do proprietário. Ao pé do Morro Pelado de 1400 metros de altitude, além de boa comida, oferece passeios a cavalo. Na fazenda foram encontrados artefatos do período paleolítico, cerâmicas indígenas e peças da época colonial.

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × dois =