Objetivo é ampliar o isolamento social no estado. (Foto: Divulgação)

A Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) aprovou o Projeto de Lei 351/2020 que antecipa o feriado estadual da Revolução Constitucionalista de 1932, de 9 de julho, para a próxima segunda-feira (25), em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A votação ocorreu na madrugada desta sexta-feira (22).


O objetivo é aumentar o isolamento social no estado para combater a covid-19. O ideal para conter a proliferação do vírus é de 70%. O projeto foi aprovado por maioria de 47 votos. Porém, os deputados estaduais preocupam-se com a falta de um plano do governo do Estado para que o isolamento social se efetive no feriado antecipado.

“Só antecipar feriado é pouco. Precisamos de um isolamento social horizontal, com liberação apenas dos trabalhadores dos serviços essenciais. Votamos favoravelmente pela urgência do projeto, mas queremos dialogar em cima desse substitutivo”, disse a deputada estadual professora Bebel (PT).

De acordo com a assessoria de imprensa da deputada, a bancada vê como necessárias a implantação de medidas complementares, como restrição do tráfego de veículos pelas estradas e rodovias, no perímetro de 150Km a partir do marco zero da capital, e barreiras sanitárias instaladas em todas as rodovias de acesso aos litorais norte e sul.

Andressa Mota

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro + 14 =