Alex de Madureira dá apoio ao Setor de Direito Animal da Guarda Civil

O deputado estadual Alex de Madureira (PSD) deve destinar R$ 150 mil em emenda parlamentar para a aquisição de um veículo para atender casos de maus-tratos atendidos pelo Setor de Direito Animal da Guarda Civil que está sendo criado. Nesta sexta-feira (23), o parlamentar participou de uma reunião na sede da Guarda Civil com a vereadora Alessandra Bellucci (REP), comandante da GC, Sidney Miguel da Silva Nunes e representantes da corporação.

“É importante desenvolver políticas de cuidados e proteção aos animais. Os pets estão ganhando cada vez mais importância nas famílias, no entanto, há muito o que se fazer. É de extrema importância fazer essa articulação em prol dos animais”, disse o deputado.

A vereadora disse que ficou feliz com o atendimento do pedido ao deputado para a aquisição do veículo. “Percebemos que as ocorrências estão aumentando. Temos muito trabalho pela frente, pois precisamos de mais conscientização e apoio de todos”, disse Alessandra. “Destacamos o empenho e dedicação da Guarda Civil da nossa cidade, que não tem medido esforços para atender as denúncias relacionadas à causa animal”, completou.

“A reunião foi ótima e com excelentes ideias inovadoras”, enfatizou o comandante.

RESGATE
Uma cadela que vivia com uma corrente com um pouco mais de um metro e que foi abandonada. Ela foi localizada ontem, no Suíça. Dias antes, a Guarda Civil foi até a casa do tutor, mas o animal não foi localizado.
“Provavelmente, o dono soube que a Guarda foi até a casa e se livrou da cachorra. Ela foi resgatada e ficará comigo”, relatou Alessandra.

Cadela ficava acorrentada (Reprodução)

A veterinária Mariana Ricciardi Curi, da Sedema (Secretaria de Meio Ambiente) considerou que a cachorra tinha sinais de maus-tratos, pois apresentava. “Tinha maus-tratos psicológicos como submissão e terror do ser humano. Nota-se lesões no pescoço devido ao acorrentamento e escoriações na base da cauda devido à dificuldade de locomoção”, analisou.

O responsável pelo animal foi conduzido à delegacia, onde prestou depoimento e liberado. Ele será investigado por maus-tratos durante o inquérito policial.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete − 4 =