Alunos do Projeto Ecopatinhas colocam casinhas no bairro

Casinhas foram colocadas no bairro (Alessandro Maschio/JP)

As crianças do Maternal 2 da Creche Lygia Amaral Gobbin, no Santa Rosa aprenderam logo cedo a importância do respeito e cuidados com os animais. Após construírem uma casinha com caixas de leite, finalmente chegou o grande dia de colocá-la ao lado da escola com vasilha de água e ração. Não demorou muito tempo para que um gato branco comunitário tomasse posse para a alegria da garotada que não pouparam carinhos.

A iniciativa faz parte do Projeto Eco Patinhas coordenada pela professora Maiara Faustino de Souza. Outras três casinhas que foram doadas foram colocadas perto de uma praça e igreja do bairro. “Escolhemos locais que têm animais comunitários e perto de várias pessoas que nos ajudarão com água e ração para os animais. Também colocamos em cada lugar uma plaquinha informando sobre o nosso projeto. Esperamos que as pessoas nos ajudem a cuidar dos cães e que as casinhas não sejam retiradas dos respectivos locais”, disse a professora.

Gatinho comunitário já tomou posse da casinha (Alessandro Maschio/JP

Participaram do projeto-piloto, 12 crianças com idades de 3 e 4 anos. “A alegria das crianças foi muito grande desde o início da nossa proposta. Foi difícil controlar a ansiedade delas”, disse Maiara.

A protetora Thaty Freitas ficou muito feliz em participar do projeto que continuará a dar frutos. “Foi impressionante ver o encanto das crianças que ficavam empolgadas com os cães e gatos que encontraram no trajeto. Os animais são puros e entendem a sensibilidade das crianças. Mal colocávamos as casinhas e cães e gatos já se aproximavam. Muitas crianças abraçavam e beijaram os animais”, disse Thaty.

A professora destacou ainda a importância dos assuntos abordados com seus alunos durante o desenvolvimento do projeto. “As crianças puderam olhar para os animais de outra maneira. Elas aprenderam a enxergar onde estão os animais que precisam de ajuda de outra maneira”, relatou. “Quando voltamos para a escola, as crianças estavam muito empolgadas e contaram detalhes sobre o que fizemos para todos da escola e para os pais que vieram buscá-las”, completou Maiara.

ECOPATINHAS

A professora explicou que a ideia do projeto surgiu a partir da leitura do livro “Anúncios Carentes de Bichos Abandonados por Gente”, que aborda as histórias de cães, gatos e vários outros bichos que buscam por donos que possam dar um pouquinho de carinho a eles. “Além das explicações sobre a posse responsável, cuidados com os animais, também discutimos a importância da reciclagem como cuidado com o nosso meio ambiente”, destacou Maiara.

Thaty considera muito importante a continuidade do projeto em outras escolas. “É importante fazer um trabalho de conscientização para deixar no passado, os casos de abandono e maus-tratos”, enfatizou a protetora.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 + oito =