Alunos do Sud Mennucci são destaques em olimpíadas

Foto: Alessandro Maschio/JP

Estudantes participam de eventos que favorecem aprendizagem e estimulam os estudos

Nos dois últimos anos, estudantes da escola Sud Mennucci foram destaques na OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia) – evento aberto à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas e rurais. Neste ano, o aluno do 6º ano do ensino Fundamental, Victor Abdallah Lotaif Bruno, 12 anos, foi medalha de prata na 24ª edição da olimpíada. Em 2020, a escola foi medalha de ouro, com a vitória da estudante Camila Barrilao.

A diretora da escola, Márcia Lima Vieira destaca que os alunos sempre participam de eventos, projetos e olimpíadas que favorecem a aprendizagem e os estimula cada vez mais nos estudos. “Nos últimos anos foram muitos os destaques, mas os ganhadores de medalha de ouro e prata foram a Camila em 2020 e o Victor em 2021, ela encerrando seu ciclo de estudos no Sud na 3ª série do Ensino Médio e ele inaugurando esse ciclo de estudos no 6º ano do Ensino Fundamental”, conta. Segundo Márcia, o desempenho dos estudantes é fruto da dedicação aos estudos, do esforço na leitura e interpretação das questões e do estímulo que sempre recebem dos tutores, professores e coordenadores.

Ela revela que o trabalho da escola está no processo de desenvolvimento da autonomia, em que o próprio aluno é convidado a reconhecer suas potencialidades e fragilidades, assim identifica os pontos de atenção em que deve investir sempre com o apoio da equipe escolar. “Além disso realizamos ampla divulgação, não apenas com o convite mas com o estímulo constante à participação em todas as atividades e projetos desenvolvidos pela escola”, afirma. “Os ex-alunos também participam desse processo com depoimentos que visam incentivar a participação dos alunos”, acrescenta. A educadora aponta que a comunidade escolar é extremamente participativa, o que é uma alegria todo o reconhecimento do êxito de alunos. “Sabemos o quanto cada um tem seu potencial e muitas vezes é nessa ocasião que outros alunos passam a se perceber capazes de superar seus próprios limites e investir na sua própria formação”, avalia.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco + 18 =