Famílias serão avisadas pela escola sobre a data de retirada. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

A Prefeitura de Piracicaba vai entregar kits alimentares compostos por hortifruti, pão e suco para todos os alunos da rede municipal de Educação, a partir do próximo dia 20. Os kits são compostos por um pé de alface, 1,5 quilo de repolho, 1,5 quilo de banana, um litro de suco de laranja e dez pães. Também serão entregues kits para crianças com necessidades alimentares especiais, respeitando a necessidade de cada criança, e para alunos do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Os alimentos são provenientes de cooperativas de agricultura familiar, com exceção do pão, que será fornecido por padarias da cidade, que já fornecem para o Departamento de Alimentação e Nutrição da Secretaria Municipal de Educação. A pasta informou ontem que os pais ou responsáveis serão comunicados pela direção da escola sobre a data da retirada do kit e procedimentos que devem ser obedecidos.

As escolas foram divididas em 22 grupos. As primeiras entregas serão para 1.969 alunos das sete escolas localizadas no bairro Mário Dedini e região. Na Escola José Pousa de Toledo, a entrega será das 8h30 às 14h40 e nas demais o kit poderá ser retirado das 9h às 12h. “Importante ressaltar que as entregas atenderão de três a sete escolas por dia, por se tratar de produtos perecíveis e obedecem ao cronograma divulgado pela escola”, informou, em nota, a prefeitura.

As primeiras sete escolas a receber o material serão Professora Ana Maria Fontabelli Avansi, Professora Antonia Benedita Eugênio, Professora Flávia Pires Dário, Professor José Pousa de Toledo, Professor Luiz de Siqueira, Professora Bernadete de Fátima Oliveira e José Francisco Alves.

CRÍTICAS

No mês passado, a partir de reclamações da população, a vereadora Nancy Thame (PV) solicitou, em requerimento, informações ao Poder Executivo a respeito dos kits, inclusive sobre a administração da verba para inclusão de outros alimentos necessários para os alunos.

Na época foi feita comparação com os kits entregues pelas cidades da região e Piracicaba era a única que não entregava frutas e legumes, sendo motivo de críticas de pais de alunos sobre a falta de alguns gêneros.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + dezesseis =