Cidade oferece cultura para todos os estilos e idades (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Uma pesquisa realizada pelo Indsat (Indicadores de Satisfação de Serviços Públicos) aponta que a Cultura de Piracicaba nos primeiros três mês de 2020, isto é, antes da pandemia, teve 82% de aprovação. Dentro dos parâmetros do levantamento, significa que o setor, de acordo com população, atingiu ‘grau médio de satisfação’.

Os 82% representa resultados entre os indicadores ‘ótimo’ e ‘regular’, que respectivamente representam 1% e 47% da pesquisa. Outros 34% apontam que a Cultura local neste período foi ‘boa’. Dentre os resultados negativos, 13% considerou o setor ‘ruim’ e 5% ‘péssimo’.

A pesquisa ouviu 400 pessoas de Piracicaba durante os primeiros três meses de 2020.

Apesar de ter recebido o que a Insat classifica como ‘grau médio de satisfação’, a cultura oferecida pelo poder público de Piracicaba ficou muito próxima ao ‘alto grau de satisfação. Segundo a pesquisa, o setor computou 626 pontos.

“Para receber Alto Grau de Satisfação, o serviço precisa registrar ao menos 650 pontos. A Cultura piracicabana havia apresentado índices satisfatórios desde o 2º trimestre de 2018. De lá para cá, as pontuações oscilaram entre 662 e 702 pontos”, destaca a Indsat. Anteriormente, no final de 2017 e início de 2018, a Cultura havia registrado 627 e 603 pontos.

O Jornal de Piracicaba ouviu a secretária da SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo, Rosângela Camolesi, sobre o resultado da pesquisa. “Até o primeiro trimestre deste ano, não deixamos de oferecer atividades culturais a toda a população. Com a pandemia, nossas atividades foram suspensas, mas Piracicaba ganhou forças com o apoio dos artistas locais que se propuseram a disseminar a cultura, por meio de apresentações on-line e, assim, movimentando de maneira possível, o setor cultural da cidade”.

Rosângela ressalta que os “eventos gratuitos que atendem todos os públicos, além de uma cultura democrática” são os pontos fortes da cultura da cidade que levaram ao resultado desta pesquisa antes da pandemia.

Questionada sobre pontos que podem ser melhorados na cultura local para atingir um outro nível na próxima avaliação, a secretária, no entanto, foi vaga. “Estamos em um período complicado para promover ações, mas acredito que a implantação de políticas públicas nos garantirá permanecer no caminho certo e alcançar o nível máximo de satisfação”.

Hoje, eventos culturais em Piracicaba são praticamente as lives e, no caso específico da cidade, as atrações de quinta-feira a domingo no recém-inaugurado Cine Drive-In Piracicaba. O setor, um dos primeiros afetados e que será, por certo, um dos últimos a se reestabelecer por completo, convive entre projetos estagnados e adiados, enquanto diversos palcos e salões permanecem vazios, à espera de poder, novamente, receber artistas e público.

Erick Tedesco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 2 =