Após morte de ciclista, Câmara convoca audiência para discutir ciclofaixas em Piracicaba

Foto: Alessandro Maschio/JP

Aprovado em regime de urgência, nesta quinta-feira (25), durante a 47ª reunião ordinária da Câmara Municipal de Piracicaba, o requerimento 1041/2021 convoca para o próximo dia 15 de dezembro, a partir das 19h, uma audiência pública para discutir a implantação de ciclofaixas e o planejamento de ações voltadas à “mobilidade sustentável” em Piracicaba.

A propositura foi apresentada pela vereadora Silvia Morales, apenas alguns dias após a morte do ciclista José da Costa Gonçalves, na Avenida Comendador Luciano Guidotti, no último dia 22, ocasião em que ele foi atingido por um ônibus. O requerimento também é assinado pelos vereadores Ana Pavão, Thiago Ribeiro e Zezinho Pereira, e foi aprovado por 19 votos favoráveis.

No texto do requerimento, a vereadora aponta que a Avenida Comendador Luciano Guidotti é um logradouro “de grande movimento de veículos” e que não conta com nenhuma ciclofaixa para garantir “a segurança dos cidadãos”. Ela diz ainda que, em abril deste ano, a Semuttran apresentou o projeto CicloVidas, que tem catalogado 400 quilômetros de vias que podem ser convertidas para uso de ciclistas e que pretende implantar 10 km de ciclofaixas ao ano, com valor estimado de R$ 30 milhões a ser aplicado em quatro anos.

Neste ano, o projeto CicloVidas realizou uma pesquisa, entre os dias 15 a 31 de maio, sobre o uso de bicicletas em Piracicaba, da qual participaram 3.263 pessoas e cujos resultados demonstraram o interesse dos cidadãos em ampliar e melhorar a mobilidade sustentável na cidade.

A pesquisa apontou que melhorias e expansão na infraestrutura do sistema cicloviário são fatores importantes para incentivar o uso de bicicleta. Setenta por cento dos participantes que não são usuários frequentes de bicicletas afirmaram que a usariam mais se a malha cicloviária fosse ampliada, sendo que 79,2% gostariam de usá-la em suas atividades diárias e 37,6% responderam que não utilizam a bicicleta, pois a rota diária não possui ciclovias ou ciclofaixas.

Rafael Fioravanti / [email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze − 12 =