Aposentado encontra serpente no Vivendas Bela Vista

Com cerca de um metro e meio de comprimento, o animal é uma jiboia, está saudável e não tem veneno, segundo veterinário | Foto: Amanda Vieira/JP

O aposentado Raimundo José dos Santos encontrou uma serpente próximo a sua casa na tarde desta quarta-feira (20). Ele conta que, há aproximadamente 100 metros da casa, um moço estava carpindo e avistou o animal. Com receio de que entrasse na residência, resolveu colocar em uma gaiola para pedir posterior ajuda. Conta ainda que para a esposa e vizinhos foi uma surpresa.


“O tamanho, mais ou menos um metro e meio, é grossa – tem mais ou menos 12 centímetros sem estar com ar”, relata o aposentado, que queria que a serpente fosse levada ao Instituto Butantan, em São Paulo, para que fosse para longe da residência, com receio de eventual ataque às criações. “Só não quero ela aqui perto, porque tenho criação e tem nós aqui da casa, se não vai para dentro de casa, fazer alguma arte com o povo”, comenta.


Segundo Thiago Vilalta, especialista em clínica médica de animais silvestres e exóticos e diretor do Hospital Exotic Pet, se trata de uma jiboia (boa constrictor amarali), animal sem veneno, que está saudável e pode ser solto em área de árvore com água próxima.

LEIA MAIS:


O Instituto Butantan, conforme explicou a assessoria de imprensa, recolhe animais apenas por meio de solicitações de outros órgãos, por exemplo o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). A população precisa solicitar o atendimento para órgãos no município, como Bombeiros, Defesa Civil e Centro de Controle de Zoonoses.


Santos afirmou que tentou contato com os Bombeiros. Mas segundo a central do 193 em Campinas, até às 17h40 de terça-feira (20) não havia ocorrência registrada. A orientação é acionar a viatura apenas por esse canal de emergência.

Segundo o tenente Daniel Jatobá, da Polícia Militar Ambiental, a responsabilidade do manejo da fauna é do município. Por meio da assessoria de imprensa, a prefeitura informou que o Pelotão Ambiental deve ser acionado pelo telefone (19) 3426-1996.

Andressa Mota

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

um × quatro =