Aposentado reclama de elevador quebrado há 1 mês

Foto: Alessandro Maschio/JP

A Secretaria de Saúde informou que a última manutenção feita no elevador aconteceu em 7 de outubro

Três vezes por semana o aposentado Francisco Martins leva o vizinho cadeirante Antônio José Estevan, de 76 anos, para fazer fisioterapia no setor de ortopedia no Piracicamirim. Ele contou que o elevador da unidade tem apresentado falhas constantes, chega a ser consertado, mas logo apresenta problemas novamente.

Segundo Martins, há um mês o equipamento está quebrado e os pacientes são obrigados a usar as rampas de acesso existente nos prédio para chegar até o local de atendimento.

“Tenho de subir as seis rampas, empurrando a cadeira de rodas”, contou o aposentado. “Eles chama a empresa para consertar mas logo quebra de novo, faz um mês que não funciona”, relatou.

O aposentado disse que não dá para o setor de ortopedia ficar sem o elevador por causa dos pacientes que precisam subir os andares.

Segundo ele, geralmente são pessoas com limitação dos movimentos e idosos e que não conseguem subir as rampas de acessos.

A Secretaria de Saúde informou ontem que a última manutenção feita no elevador aconteceu em 7 de outubro e há uma semana o equipamento voltou a apresentar problemas.

Segundo a pasta, a empresa responsável pela manutenção foi acionada, o defeito localizado e a troca da peça acontece nos próximos dias. “A pasta informa que a previsão da retomada do funcionamento do elevador é prevista ainda para esta semana, e que o atendimento não está prejudicado já que o prédio é adaptado e acessível”, informou em nota.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

sete − 3 =