‘Ariano, o Cavaleiro Sertanejo’ abre o 14ª Fentepira no Engenho

Festival reúne 10 espetáculos selecionados e acontece nos Teatros do Engenho e Sesi e Casa do Povoador. (Foto: Divulgação)

O espetáculo “Ariano – O Cavaleiro Sertanejo”, do grupo Os Ciclomáticos, do Rio de Janeiro, abre o 14º Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba) nesta sexta-feira (1), no Teatro do Engenho. A solenidade de abertura está marcada para às 19h30 e a entrada é gratuita.

No sábado, 2, às 20h, o Teatro do Engenho recebe a Companhia de Teatro Heliópolis, com o espetáculo “(IN) Justiça”. No domingo, 3, haverá duas apresentações: o Grupo de Teatro Armatrux, encena “Parangolé, às 16h, no Teatro do Engenho. Já às 19h, será a vez do ator Silvério Pereira apresentar “BrTrans” no Teatro do Sesi Piracicaba, sempre com entrada gratuita. A programação completa pode ser conferida no site www. fentepira.com.br

O 14º Fentepira acontece até o dia 10 de novembro. Além do Teatro do Engenho, serão sedes o Teatro do Sesi Piracicaba, Casa do Povoador e Parque do Engenho Central. O festival reúne 10 espetáculos selecionados, entre os 184 inscritos, de grupos dos Estados de Amazonas, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, há 3 peças convidadas, que completam a programação oficial.

“O 14ª Fentepira reunirá, espetáculos de diferentes cidades e estados, todos de alto nível, voltados a segmentos de público distintos, mantendo a tradição do festival. Teremos uma variedade de linguagens dramatúrgicas, de forma a estimular a criação artística, a inovação e a valorização da arte”, afirma Rosângela Camolese, secretária municipal da Ação Cultural e Turismo.

Até o dia 10, o festival apresentará, ainda, os espetáculos “(I)mundo de Sofia”, de Ana Oliveira (Manaus/AM); “Lama – O Grande Cemitério”, do NucleArte (Poços de Caldas/MG); “De Mais Ninguém” da Cia Cênica (São José do Rio Preto); “A Princesa e a Costureira”, do Teatro da Conspiração (Santo André/SP); “DesTino – Quando o que está dito não precisa de palavras”, do Barracão Teatro (Campinas/SP); “Buraquinhos – ou o Vento é Inimigo do Picumã”, da Carcaça de Poéticas Negras (São Paulo/SP). De Piracicaba, se apresentam “Peneiras Conta Negritude”, do Coletivo Peneiras e “Cordel do Mistério de Caiatú”, da Tragatralha Cia de Teatro. Será apresentado ainda “O Buraco do Muro”, do Maracujá Laboratório de Artes.

SERVIÇO

Abertura do 14º Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba), com o espetáculo “Ariano – O Cavaleiro Sertanejo”, do grupo Os Ciclomáticos, do Rio de Janeiro. Sexta-feira, 1/11, às 19h30, no Teatro Erotides de Campos. Entrada gratuita. Mais informações: www. fentepira.com.br

Da Redação