Aroma e sabor inesquecíveis

Foto: Pexels

O café é consumido de maneiras diferentes em cada cultura

Café é uma das bebidas mais apreciadas do mundo. No Brasil, em 2020, o consumo de café atingiu o segundo maior patamar que se tem registro, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria deCafé. No total, o consumo da substância no ano passado foi de 21,2 milhões de sacas de 60 kg, o que representa um crescimento de 1,34% em relação ao ano de 2019, quando o consumo ficou no patamar de 20,9 milhões de sacas. E, de acordo com a Organização Internacional do Café, o consumo mundial da bebida ano-cafeeiro 2020-2021 deverá atingir um volume físico equivalente a 167,01 milhões de sacas, o que representará um crescimento de 1,9% em relação ao ano-cafeeiro anterior, que foi de 163,9 milhões de sacas de 60kg.

Toda essa fama existe porque além daquele tradicional café preto que o brasileiro tanto adora, há ainda milhares de outras maneiras de consumo. Hoje a Arraso traz a forma como alguns países consomem o café.

ESTADOS UNIDOS E COREIA DO SUL

Apesar de serem países que vivem em extremos opostos, os Estados Unidos da América e a Coréia do Sul têm vários apreciadores de cafés gelados. Apesar de soar estranho para muitos brasileiros que estão acostumados a tomar o seu café bem quente até nos dias de verão. Os americanos e os coreanos adoram tomá-los gelados mesmo quando é inverno.
Os cafés gelados são basicamente café coado com uma quantidade grande de gelo e leite gelado ou água gelada. Ambos os países inventaram formas muito únicas de consumir café, colocando sabores especiais em datas comemorativas, como por exemplo o halloween no qual as bebidas cafeínadas tem abóbora ou doces em suas composições.

ESPANHA

Queijo e café é uma mistura que define bem a cultura mineira, mas molhar o queijo puro dentro de uma xícara quente de café é um costume definitivamente espanhol. Os espanhóis utilizam queijos Gouda ou Edam para molhar no café quente o que faz o queijo derreter um pouco e ficar mais fácil de comer. Outros países europeus como Finlândia e Suíça também molham o queijo no café.

MARROCOS

Os marroquinos adoram colocar pimenta preta em seus cafés. Como o país é rico em diversos tipos de temperos eles não vão deixar de colocar canela, noz-moscada, cardamomo, cravo, gengibre. Tudo para neutralizar o amargor dos grãos.

ESCANDINÁVIA

Por falar em amargor, a Hungria, a Suécia, Sibéria, Turquia e a Etiópia colocam uma pitada de sal em seus cafés com a intenção de ressaltar o sabor e diminuir o amargo da bebida.

SUDESTE ASIÁTICO

No Brasil (e em outras partes do mundo), é normal o funcionário da cafeteria perguntar se quer leite ou creme em seu para suavizar o café. Contudo na Indonésia, Tailândia e Singapura é normal colocar manteiga para encorpar o café e abrandar o sabor amargo. Já no Vietnã esse processo de diminuir o sabor forte do café é feito antes de coar os grãos moídos colocando um ovo cru inteiro moendo inclusive sua casca.

Larissa Anunciato
[email protected]

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × três =