Arquivos sobre as usinas da cidade poderão ser disponibilizados

A Semac (Secretaria da Ação Cultural) está em processo de análise, higienização e catalogação de arquivos da Usina Refinadora Paulista de Açúcar e da Usina Brasileira de Açúcar S/A, doados em 2019. São cerca de 1.900 caixas-arquivos que contêm escrituras, fotos, plantas e outras informações das usinas Monte Alegre e do Engenho Central, em Piracicaba, além de outras empresas pertencentes ao extinto Grupo Silva Gordo.

O objetivo do trabalho é disponibilizar o material para consulta da população. Todo o acervo é tombado pelo Codepac (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Piracicaba) e está em processo de tombamento, em nível estadual, pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). O secretário Adolpho Queiroz destaca a preocupação em proteger o material relacionado à história da cidade. “Estamos trabalhando intensamente para prevenir a deterioração e danos desses documentos. Entendemos a importância da preservação documental histórica, sempre nos reportando ao Codepac e Condephaat. Nosso objetivo é que até o próximo ano esses documentos estejam disponíveis para consulta aberta”, explicou Adolpho.

Cristiane Bonin

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

15 + 13 =