Artista plástico conquista recorde de menor pintura

Foto: Divulgação

Wesley D’Amico pintou a bandeira do Brasil. Sua obra possui 0,7 milímetro

O artista plástico Wesley D’Amico entrou para o RankBrasil ao bater o recorde de menor bandeira do Brasil pintada sobre papel especial com tinta guache. Sua obra mede apenas 0,7 milímetro. Natural de Mombuca, Wesley se dedica a pintura de micro telas desde 2006, paralelamente a profissão de mecânico de automóveis, carreira que seguiu por influência de seu pai.

“Sempre gostei de arte e queria trabalhar com isso, no entanto, foi complicado fazer com que a pintura em telas se tornasse minha fonte principal de renda. Mesmo assim, queria fazer coisas diferentes, me desafiar nesse caminho, procurar uma forma de me desenvolver nessa área”, relembra o artista.

Wesley fez curso de joalheria e começou a trabalhar com marcenaria, na produção de móveis. Com o tempo, aperfeiçoou seu trabalho com esculturas de madeira, de concreto e pintura em telas. “Os clientes me traziam revistas com técnicas artísticas e foi assim que aprendi”, explica.

A primeira micro tela que pintou tinha 10mm, com agulha como um pincel, lupa e ferramentas de joalheria, serra e lima para dar acabamento. Com o tempo, começou a diminuir os tamanhos e conseguiu chegar em 3mm. Ao total foram oito obras nessa categoria, com moldura de alumínio.

O artista destaca que a respiração foi uma das principais dificuldades para a produção da obra. “Respirar faz tremer a mão e a vibração do próprio corpo é maior que a pintura. Desta forma foi necessário aprender a respirar e conseguir ficar tranquilo”, diz.

Inicialmente, a intenção de Wesley era vender todas as telas enquadradas em vidro em galerias, chegou a enviar mais de 100 e-mails inclusive para locais de fora do Brasil. Apenas um local o deu retorno, de São Paulo – Capital. O trabalho chegou a ficar um ano em exposição e disponibilizado para compra, mas não obteve êxito.

A galeria solicitou que Wesley viesse a São Paulo para recolher o material, que estão até hoje com ele. Com a pintura da bandeira do Brasil em mãos, ele decidiu em 2021 se inscrever para o RankBrasil. “Toda vez que eu pensava em submeter o meu trabalho, acontecia algo que eu tinha que priorizar, porque é uma premiação em que você paga para concorrer”.

Sobre a premiação, Wesley comenta “É um trabalho finalizado, um diploma de tanto estudo e esforço. Na vida todo mundo tem uma oportunidade de sucesso, talvez essa seja a minha”. Seu próximo passo será a inscrição no Guinness Book como a menor tela ou a menor bandeira do Brasil.

Laís Seguin

[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × quatro =