Atleta ganhou a honraria do jornal El País em 2017 após grande ano e conquistas pelo Grêmio. (Foto: Manoel Petry)

Buscando se reforçar para a temporada 2019, o Corinthians anunciou no último fim de semana a contratação do atacante Luan, que fez história no Grêmio. Para comprar o jogador da equipe gaúcha, o Timão contou com a parceria do Banco BMG, patrocinador máster do clube, para pagar a quantia de R$ 22,85 milhões por 50% dos direitos federativos, além de encerrar uma dívida do time gaúcho pela compra do lateral Juninho Capixaba.

Estou muito feliz. É a realização de um sonho de criança poder vestir essa camisa. Espero corresponder todo o carinho que tenho recebido já nas redes sociais, nas ruas e na própria Arena Corinthians. Chego com muita expectativa e vontade de dar alegria ao torcedor corintiano. Sou mais um louco do bando. Vai, Corinthians!”, afirmou o novo contratado do Timão.

O Timão terá pela terceira vez em seu elenco um jogador que conquistou o prêmio de Rei da América, prêmio que atualmente é entregue pelo jornal uruguaio “El País” para o melhor jogador sul-americano da temporada. Luan conquistou o prêmio em 2017, após ser o principal jogador do Grêmio durante a Libertadores conquistada pelos gaúchos.

Os outros “Reis da América” que passaram pelo Timão foi Sócrates, que foi vencedor do prêmio em 1983, ano em que vestiu a camisa do Timão, e o argentino Carlos Tévez, que conquistou a honraria em 2003, 2004 e 2005, sendo que em sua última conquista o atleta já era jogador do Alvinegro Paulistano. O Corinthians está empatado com o Vasco, Internacional e Fluminense com três “Reis da América”, atrás apenas do Santos, que teve quatro, e do Flamengo, que já contou com cinco jogadores em seu elenco que já ganharam o prêmio (Zico, Sócrates, Bebeto, Romário e Ronaldinho Gaúcho) que tem chances de ter o sexto neste ano, já que Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta tem bastante chances de vencer.

Enquanto Luan chegou, outros atletas que atuaram pelo Timão nesta temporada estão fora dos planos para a temporada 2020, como é o caso dos zagueiros Manoel (estava emprestado e foi devolvido ao Cruzeiro) e João Victor, emprestado para a Inter de Limeira; do volante Marciel, que estava no Vitória e foi emprestado ao Água Santa; dos meias Régis e Fessin, que atuarão no Bahia, sendo que o primeiro retorna de empréstimo e o segundo foi emprestado ao clube baiano; os atacantes Gustavo Mosquito (emprestado ao Paraná) e Rafael Bilú (estava no América-mG e jogará no CSA); além do pacotão de atletas (o goleiro Caíque França, o zagueiro Caetano, o volante Mantuan, o meia Fabrício Oya e o atacante Matheus Matias), que serão emprestados ao Oeste.

Mauro Adamoli

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois + cinco =