Atriz Tilda Swinton conta que encontrou seu mundo ‘queer’

Foto: Divulgação

A atriz britânica Tilda Swinton revelou em entrevista à Vogue que se identifica como “queer”. A descoberta veio com os anos, as vivências e a amizade com outros artistas. Ela destaca como catalisador desse processo a sua relação com o falecido Derek Jarman e suas performances “queer” no cinema. “É bem claro pra mim que ser ‘queer’ tem a ver com sensibilidade. Eu sempre senti que era ‘queer’ – eu estava somente procurando pelo meu circo ‘queer’, e eu achei. E tendo achado, é o meu mundo”, disse.

Tilda falou sobre outros artistas que também fazem parte desse mundo. “Agora tenho uma família com Wes Anderson, tenho uma família com Bong Joon-ho, tenho uma família com Jim Jarmusch, tenho uma família com Luca Guadagnino, com Lynne Ramsey, com JoannaHogg.”

Outra personalidade importante para ela é o estilista Karl Lagerfeld. “Eu tive essa linda conexão com Karl Largerfeld, que sempre foi misterioso para mim. (…) Isso foi o que me levou ao meu relacionamento com a Chanel, que continua a me inspirar”, contou a atriz.

Definição

A Wikipedia define o termo “queer” (“excêntrico” ou “insólito” em português) como uma palavra proveniente do inglês usada para designar pessoas que, seja por sexo biológico, orientação sexual, orientação romântica, identidade de gênero ou expressão de gênero, não correspondem a um padrão cis-heteronormativo.

Fonte: Agência Estado

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × dois =