Atuação e empenho de ex-prefeito foram decisivos para o desenvolvimento industrial de Piracicaba

Foto: Acervo Família Losso

Maluf visita o Jornal de Piracicaba, que completava 85 anos

Entre as marcas dos dois mandatos do ex-prefeito de Piracicaba, Adilson Maluf, (1973-1976 e 1983-1988) está a criação do Distrito Industrial Unileste e a instalação da Caterpillar na cidade, em 1976. No livro Piracicaba que Amamos Tanto, o jornalista Cecílio Elias Netto, citado nesta quinta-feira (14) pela Câmara Municipal, é informado que a administração de Francisco Salgot Castillon iniciou os estudos para a criação de um Distrito Industrial, impregnado no sentimento de “interiorização do desenvolvimento”.

Mas a pauta não avançou até mesmo nas duas gestões seguintes, de Cássio Paschoal Padovani e Homero Paes de Athayde. Coube ao jovem prefeito Maluf, de 28 anos, no seu primeiro ano de mandato, iniciado em fevereiro de 1973, convencer a presidência internacional da Caterpillar de que Piracicaba estava à frente de outros municípios interessados na empresa, caso de Santo Amaro, Americana e Limeira. Acompanhado do empresário Geraldo Quartim Barbosa, Maluf viajou aos Estados Unidos, na sede da Caterpillar, em Peoria, Illinois.

Em entrevista em 2017, por conta das comemorações dos 250 anos de Piracicaba, Maluf também atribuiu parte da conquista ao ex-reitor da Unimep, Richard Edward Senn, ao proprietário dos 400 hectares de terra na região do bairro Monte Alegre, José Adolpho da Silva Gordo, e a Dovílio Ometto, presidente das Indústrias Dedini.

Nos dez anos ocupados na prefeitura, Maluf assegurou a instalação do Shopping Piracicaba, além do projeto para criação de uma cidade universitária, negociando terras com o grupo Dedini, às margens da rodovia do Açúcar, para o campus Taquaral da Unimep, no período do reitor Edward Senn. Maluf construiu as avenidas Cássio Paschoal Padovani e 31 de Março, alargou as avenidas Rio das Pedras e Piracicamirim. No último ano do seu primeiro mandato, iniciou o projeto para a captação de águas no rio Corumbataí, concretizado na gestão de João Herrmann Neto.

Nesta quinta-feira (14), o prefeito Luciano Almeida (União) disse que Maluf foi pioneiro ao buscar parcerias que garantiram a vinda de multinacionais ainda na década de 1970.“Ele teve, também, um papel crucial no desenvolvimento urbano da cidade, abrindo novas avenidas que garantiram o nosso crescimento. Continuaremos sempre reverenciando a sua memória pela pessoa querida e maravilhosa que foi em vida”, destacou.

Beto Silva
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

nove − três =